Guia do Investidor
Imagem/Reprodução Porto Seguro
Notícias

Porto Seguro tem queda de 0,1% nos prêmios de Seguro Auto

Nos siga no Google News

Continua após o anúncio

  • A Porto Seguro divulgou os prêmios do seu segmento de seguro auto que apresentaram uma ligeira queda de 0,1% em maio de 2024
  • A sinistralidade nesse segmento atingiu 63,0%
  • Por outro lado, os prêmios no segmento de seguros patrimoniais e de transportes cresceram 5,7%

A Porto Seguro (PSSA3) divulgou que os prêmios do seu segmento de seguro auto apresentaram uma ligeira queda de 0,1% em maio de 2024 em comparação ao mesmo período do ano anterior.

No entanto, a sinistralidade nesse segmento atingiu 63,0%. O que representa um aumento nos custos com sinistros, possivelmente impactando a rentabilidade.

Por outro lado, os prêmios no segmento de seguros patrimoniais e de transportes cresceram 5,7% em relação ao ano anterior, com uma sinistralidade de 31,6%.

No segmento de seguro de vida, houve um aumento de 4,4% nos prêmios comparado a maio de 2023. Enquanto a sinistralidade ficou em 33,5% no mesmo período de 2024.

A empresa

Porto Seguro é uma das maiores empresas de seguros do Brasil. Esta, oferecendo uma ampla gama de serviços, incluindo seguros de automóveis, saúde, vida, residencial, empresarial e diversos outros produtos financeiros. Fundada em 1945, a Porto Seguro se destaca não apenas pelo seu portfólio abrangente de seguros, mas também por sua atuação em áreas como previdência privada, consórcios, capitalização e serviços de assistência, consolidando-se como uma das principais referências no setor de seguros no país.

Leia mais  Viveo (VVEO3) e Porto Seguro (PSSA3) firmam parceria e criam serviços inéditos para beneficiários

Porto Seguro registra lucro de R$658 milhões no 1º trimestre

A Porto Seguro registrou um lucro líquido de R$658 milhões no primeiro trimestre de 2024, resultando em um ROAE de 21%. A superação em relação às estimativas foi impulsionada principalmente por prêmios auferidos melhores e uma menor taxa de perdas. A Porto continuou a apresentar métricas sólidas durante o primeiro trimestre, com destaque para o segmento de Saúde. A empresa também compartilhou orientações para métricas operacionais-chave (mais detalhes no quadro à direita), sugerindo um forte crescimento, especialmente dentro do segmento de saúde.

Prêmios

Os prêmios emitidos totais da Porto cresceram 14% em relação ao ano anterior no 1T24 (termos IFRS 4), impulsionados principalmente pela Saúde e P&C, enquanto o crescimento do seguro automotivo cresceu +5% em relação ao ano anterior.

Verticais

O Banco Porto continuou a se sair bem, com um lucro líquido significativo e NPLs saudáveis. Porto Serviços também foi positivo, com ROE (gerencial) em 21% – sua contribuição para os resultados globais ainda é pequena, no entanto.

Leia mais  Porto aprova distribuição de Juros sobre o Capital Próprio no valor de R$ 377,865 milhões

Sinistros

A taxa de sinistralidade ficou em 55% no 1T24 (contra 56% no 4T23), enquanto a taxa de sinistralidade automotiva atingiu 56% no trimestre, ligeiramente abaixo de nossos números. A taxa de sinistralidade da saúde foi sólida, atingindo 72% (contra 77% no 1T23 e 76% no 4T23). Embora reconheçamos que geralmente há uma sazonalidade positiva para a taxa de sinistralidade no primeiro trimestre, saudamos a melhoria em relação ao ano anterior.

Custos/despesas

A taxa de comissão permaneceu estável em 20%, enquanto as despesas administrativas totais aumentaram 13% em relação ao ano anterior (IFRS 4), em linha com nossas estimativas, levando a taxa de SG&A (IFRS 4) a atingir 10,6% (contra 11,9% no 4T23).

Resultados financeiros

A Porto reportou resultados financeiros de R$258 milhões (IFRS 4), substancialmente acima do desempenho do 1T23 e rendendo 93% do CDI (excluindo planos de pensão), praticamente em linha com nossas estimativas.


Leia mais  Azul Seguros é boa? Veja Reclame Aqui e avaliação completa
Nos siga no Google News

DICA: Siga o nosso canal do Telegram para receber rapidamente notícias que impactam o mercado.

Leia mais

Porto (PSSA3) anuncia definição de JCP em R$ 0,3192 por ação

Paola Rocha Schwartz

 Seguradora Porto (PSSA3) aprovou a distribuição de JCP

Márcia Alves

Impacto da demissão de Prates na Bolsa e mais: Confira o resumo do dia

Rodrigo Mahbub Santana

Ações da Porto disparam: o que aconteceu?

Rodrigo Mahbub Santana

Porto Seguro registra lucro de R$658 milhões no 1º trimestre

Rodrigo Mahbub Santana

Porto Seguro (PSSA3) anuncia JCP de R$ 778 milhões

Paola Rocha Schwartz

Deixe seu comentário