Guia do Investidor
eletrobras
Notícias

Privatização da Eletrobras (ELET3) será pauta de sessão do TCU

Nos siga no Google News

Continua após o anúncio

Em sua última sessão do ano, o TCU (Tribunal de Contas da União) terá como pauta a privatização da Eletrobras (ELET3). Isto é, no próximo dia 8 de dezembro, a instituição discutirá a desestatização da companhia de energia, avaliando o bônus de outorga e o preço mínimo da capitalização.

De acordo com a pauta que o TCU divulgou, o órgão fará uma análise dos impactos setoriais da privatização. Além disso, avaliará os efeitos que a privatização gerará à União e aos consumidores de energia do Brasil. Contudo, as expectativas são positivas, isto é, a oferta de ações da Eletrobras deve ocorrer já no primeiro trimestre de 2022.

Entretanto, Aroldo Cedraz, ministro do TCU e relator do processo, encaminhou um ofício ao Ministério de Minas e Energia. De acordo com o ofício, o corpo técnico da instituição “identificou falhas na modelagem econômico-financeira”. Isto é, falhas essas que, em valores absolutos, somam R$ 16,2 bilhões, sendo R$ 5,6 bilhões já reconhecidos pelo Ministério. Portanto, tal aspecto pode atrasar a processo de privatização da companhia.

O terceiro trimestre da Eletrobras

Durante o terceiro trimestre deste ano, a companhia somou um lucro líquido de R$ 964,5 milhões. Dessa forma, houve uma queda de 65,7% em relação ao mesmo trimestre do ano passado.

Além disso, em relação ao EBITDA (lucro antes dos juros, impostos, depreciação e amortização) recorrente, a Eletrobras (ELET3) reportou o valor de R$ 5,598 bilhões. Isto é, o valor corresponde a um crescimento de 70% em relação aos R$ 3,290 bilhões do mesmo período do ano passado. Assim sendo, sua margem EBITDA recorrente ficou em 56% ao final do trimestre, crescendo 8 pontos percentuais na mesma base comparativa.

Quanto à geração de energia, a companhia informou que vendeu 46,3 GWh no trimestre. Portanto, houve uma queda considerável de 11,1% em relação ao terceiro trimestre de 2020. 

Nos siga no Google News

DICA: Siga o nosso canal do Telegram para receber rapidamente notícias que impactam o mercado.

Leia mais

TCU aponta irregularidades em contrato da Petrobras com Unigel

Lara Donnola

Fim da linha? Itaú BBA corta recomendação para Eletrobras

Leonardo Bruno

TCU: rombo nas contas será de R$ 55 bi em 2024

Guia do Investidor

Eletrobras: Barganha ou Furada?

Leonardo Bruno

Eletrobras adota medidas para incorporação de Furnas

Miguel Gonçalves

Eletrobras: governo solicita suspensão da assembleia de acionistas

Miguel Gonçalves