Guia do Investidor
privatizacao da eletrobras fica de fora do orcamento de 2022
Notícias

Privatização da Eletrobras (ELET6) pode não acontecer por falha da empresa

A da (ELET6), empresa estatal brasileira do setor elétrico corre sérios riscos de não acontecer no ano de 2022. Nesse sentido, desde 2018, no mandato do então ex-presidente Michel Temer, esse processo de arrasta sem um desfecho concreto.

Diante disso, a ideia do atual governo é que até o fim desse ano a privatização aconteça. Contudo, um erro na avaliação da outorga, ou seja, o valor a ser pago pelos compradores comprarem a empresa foi identificado. Isto é, o Tribunal de Contas da União (TCU), foi o órgão responsável por achar essa falha.

Dessa maneira, o prosseguimento da negociação deve ocorrer quando o processo for devolvido ao plenário do TCU. Além disso, a turbulência política típica de ano de eleição também pode interferir negativamente no andamento do processo de privatização da Eletrobras.

Otimismo em Brasília

De acordo com o Ministro da , Paulo Guedes enxerga boas possibilidades de privatizações, como é o caso da Eletrobras. Portanto, apesar do impasse envolvendo essa falha, mencionada anteriormente, há esperanças de sucesso nesse caso por parte de membros integrantes do governo.

O Senado deve retomar a agenda e aprovar a privatização dos Corrreios. Os Correios e a Eletrobras estão na pista para a privatização”.

destaca Paulo Guedes, Ministro da Economia

Nossas redes:

Leia mais

Aneel abre consulta sobre repasse de R$ 5 bi da Eletrobras (ELET3) para redução de tarifa

Ruan Sousa

Eletrobras (ELET3): empresa realiza pagamento à União

Ruan Sousa

Moody’s classifica renúncia de conselheiros da Eletrobras (ELET3) como ‘evento esperado’ após privatização

Ruan Sousa

Fitch classifica rating da Eletrobras (ELET3) em BB-

Ruan Sousa

Eletrobras (ELET3): Aporte de R$ 5 bi na CDE deve acontecer até julho, promete secretaria do MME

Ruan Sousa

Eletrobras (ELET3) tomba em estreia de novas ações

Ruan Sousa

Deixe seu comentário