Guia do Investidor
Mastercard 1
Pulseira NFC

Pulseira NFC Mastercard: Veja quais bancos e fintechs oferecem e quanto custa

A Mastercard, empresa conhecida por ser uma das principais bandeiras para e , modernizou os seus produtos para o segmento e já conta com soluções voltadas pagamentos por aproximação, como a Pulseira NFC Mastercard.

Em suma, a tecnologia vem se tornando cada vez mais popular em decorrência de sua facilidade no processo de pagamento, tornando-o ainda mais simples, prático e rápido.

Pensando nisso, o Guia do Investidor buscou todas as informações disponíveis para você ficar por dentro da Pulseira NFC Mastercard, dados gerais, como solicitar, como a funciona tecnologia e mais. Confira tudo a seguir.

Pulseira NFC Mastercard: Dados Gerais

A princípio, para conseguir uma pulseira NFC Mastercard, é necessário consultar os e instituições financeiras parceiras da empresa. Mesmo assim, é possível traçar características em comum entre os dispositivos para pagamento por aproximação, também conhecida como contactless.

Por exemplo, essas pulseiras normalmente têm material feito de silicone e trazem consigo um chip que deve ser acoplado em sua parte interna. Nesse chip, será onde estarão as informações dos dados do usuário, meio de pagamento (débito, crédito convencional ou crédito pré-aprovado), limite de gastos, a instituição financeira e a bandeira escolhida.

Ao mesmo tempo, a pulseira NFC Mastercard funciona como um espelho do cartão vinculado. Dessa forma, é comum que os dispositivos não apresentem cobrança de anuidade e tenham seus gastos apresentados na mesma fatura do cartão cadastrado.

Além disso, as pulseiras não exigem senha para pagamentos de pequeno valor. Por outro lado, caso ultrapasse o limite estipulado pelo seu banco, que pode variar, será necessário informar a senha do cartão. Ademais, vale mencionar que esses dispositivos também possuem limite diário de gastos por razões de segurança.

Mastercard
Pulseira NFC Mastercard
Imagem: Divulgação/Mastercard.

Quais parceiros da Mastercard oferecem a pulseira NFC?

De acordo com a lista de oferecidos pela Mastercard, as principais instituições parceiras que oferecem uma pulseira NFC entre seus produtos são:

Mas não para por aí. A empresa multinacional americana de financeiros também conta com a tecnologia disponível para os cartões físicos. Sendo assim, a lista de parceiros da Visa que oferecem um cartão de crédito ou débito com a tecnologia NFC são os seguintes:

  • Nubank;
  • Inter;
  • C6 Bank;
  • Banco BS2;
  • Will bank;
  • Banco Daycoval;
  • Credicard;
  • Sicoob;
  • Sicredi;
  • Uniprime;
  • Unicred;
  • Pagbank;
  • Porto Seguro.

Como solicitar as Pulseiras NFC?

Em resumo, é preciso pesquisar pela oferta das pulseiras NFC diretamente com os bancos e instituições financeiras parceiras da Mastercard. Nesse sentido, os canais de acesso mais comuns são por meio do site oficial ou aplicativo.

Sobre custos, não há cobrança de anuidade para a pulseira NFC. Por outro lado, a compra do dispositivo terá um custo, que pode variar de R$ 40,00 a R$ 50,00 dependendo do banco.

Também vale mencionar a necessidade de possuir um cartão de crédito da instituição escolhida. Em alguns casos, o pedido só consegue prosseguir caso já exista um cartão em sua titularidade que possua a função crédito ativo. Mas também há outros bancos que permitem a solicitação do cartão e pulseira de uma só vez. De toda forma, é necessário consultar o banco para ter melhores informações da pulseira NFC.

Pulseira NFC Mastercard
Pulseira NFC Mastercard
Imagem: Divulgação/Mastercard.

Pulseira NFC: o que é e como funciona?

O NFC — sigla para Near Field Communication , isto é, Comunicação por Campo de Proximidade — se trata de uma tecnologia que permite a troca de informações entre dispositivos que possuem chips compatíveis, sem uso de cabos ou fios, apenas pela aproximação.

Leia mais  A recuperação das ações da Méliuz vem aí? CASH3 anuncia parceria com a Mastercard

Nesse sentido, os dispositivos podem ser um cartão, smartphone ou pulseira. Em todos os casos, o funcionamento é o seguinte: no momento de pagar, é necessário digitar o valor da compra primeiro para que a máquina de cartões aguarde a aproximação do dispositivo. Em seguida, ele irá gerar um link de frequência de rádio de curtíssima distância, exigindo a aproximação dos dispositivos em até 10 centímetros.

A partir desse momento, ocorrerá a troca de uma pequena quantidade de dados, que funcionaria como um espelho do cartão bancário, permitindo que você finalize o pagamento das compras, tanto no débito, quanto no crédito, de forma rápida e fácil.

Pulseira NFC Mastercard
Pulseira NFC Mastercard
Imagem: Divulgação/Mastercard.

Pulseira NFC: o que é e como funciona?

O NFC — sigla para Near Field Communication , isto é, Comunicação por Campo de Proximidade — se trata de uma tecnologia que permite a troca de informações entre dispositivos que possuem chips compatíveis, sem uso de cabos ou fios, apenas pela aproximação.

Nesse sentido, os dispositivos podem ser um cartão, smartphone ou pulseira. Em todos os casos, o funcionamento é o seguinte: no momento de pagar, é necessário digitar o valor da compra primeiro para que a máquina de cartões aguarde a aproximação do dispositivo. Em seguida, ele irá gerar um link de frequência de rádio de curtíssima distância, exigindo a aproximação dos dispositivos em até 10 centímetros.

Leia mais  Bitcoin ultrapassa American Express em volume de transações

A partir desse momento, ocorrerá a troca de uma pequena quantidade de dados, que funcionaria como um espelho do cartão bancário, permitindo que você finalize o pagamento das compras, tanto no débito, quanto no crédito, de forma rápida e fácil.

Mastercard 6
Pulseira NFC Mastercard
Imagem: Divulgação/Mastercard.

Falando sobre a pulseira NFC, ela está presente no Brasil desde 2016. Mas antes disso, a tecnologia contou com um percurso de décadas de desenvolvimento pelo mundo até chegar na tecnologia atual.

Em suma, uma pulseira NFC pode ser feita a base de silicone e elástico. Ao mesmo tempo, ela irá conter um chip interno onde estarão armazenadas as informações do meio de pagamento (débito, crédito convencional ou crédito pré-aprovado), dados do usuário, limite de gastos, instituição financeira e bandeira escolhida.

Além disso, a pulseira NFC também pode conter as seguintes características:

  • ⠀Saldo pré-pago, cuja recarga ocorre via boleto ou transferência eletrônica;
  • ⠀Saldo compartilhado com a bandeira do cartão de crédito;
  • * Saldo compartilhando com a conta bancária do usuário (transações limitadas a R$ 50,00);
  • ⠀Gastos que podem ser controlados por aplicativo, disponível pelos principais sistemas operacionais;
  • ⠀Pagamento sem a exigência de digitar senhas.

Conheça outras Pulseiras NFC!

Por fim, o Guia do Investidor realizou uma série de publicações trazendo todos os detalhes das pulseiras NFC dos principais bancos e . Para conferir, basta acessar aqui.

LULA OU BOLSONARO? Não corra o risco das eleições no Brasil: abra sua conta no exterior e proteja seu patrimônio

Recomendações no seu e-mail

Nossas redes:

Leia mais

Binance se junta a Mastercard e lança cartão pré-pago com Criptomoedas, na Argentina

Guia do Investidor

As melhores BDRs para Junho? Confira as indicações da MyCap

Leonardo Bruno

Mastercard é notificado pelo Procon por aumento de taxa de intercâmbio: entenda

Guia do Investidor

Cashback, descontos e vale-compras ganham força nos programas de fidelidade, segundo ABEMF

Victor Rodrigues

Inter lança promoção que vai sortear R$ 77 mil em barras de ouro

Victor Rodrigues

Mastercard quer ajudar empresas que desejam trabalhar com criptomoedas

Fernando Américo