Guia do Investidor
Carteiras Carteiras Recomendadas Outubro de 2021 Recomendações

Quais as melhores ações defensivas para Outubro? Descubra agora

Os últimos dias do mercado tem sido problemáticos para os investidores mais agressivos. Quem não se preparou com investimentos defensivos nos últimos meses, com certeza tiveram várias madrugadas indigestas e cheia de preocupação. As incertezas econômicas parecem ter explodido nos últimos meses, e as mudanças das taxas de juros foram a “cereja do bolo” para esfriar de vez o mercado.

Por isso, se você ainda não preparou sua carteira de investimento para os riscos do mercado, chegou o seu momento. Confira agora, 10 ações defensivas para encarar outubro, segundo o .

O que esperam os analistas da BB?

Em geral, as corretoras estão corrigindo suas carteiras para se adequar ao momento do mercado, e em especial, o BB Investimentos montou uma carteira resiliente para enfrentar o mês.

Para o mês de outubro, a corretora realizou quatro alterações: Santander (SANB11), Transmissão Paulista (), Hypera () e Sabesp (SBSP3) entraram para a saída do BTG Pactual (), Copasa (CSMG3), Magazine Luiza (MGLU3) e ().

“Companhias mais cíclicas devem ficar mais expostas a eventos negativos relacionados à falta de consenso do mercado sobre o encerramento do ciclo de elevação de juros domesticamente e seus impactos da retração do crescimento, bem como aos efeitos do recuo das expectativas de crescimento globais”.

BB investimentos em comunicado.

A carteira “resistente” para outubro

EmpresaTickerParticipação
SantanderSANB1110%
Transmissão PaulistaTRPL410%
EMBR310%
Pague Menos10%
Itaú UnibancoITUB410%
JBSS310%
HyperaHYPE310%
PetrobrasPETR410%
Rede D’OrRDOR310%
SabespSBSP310%
Avalie este post:
[Total: Média: ]

Nossas redes:

Leia mais

Refinarias da Petrobras (PETR4) processam volume recorde de petróleo do pré-sal

Ruan Sousa

Rede D’Or não engrena e lucro cai 44,1% no resultado 1T22

Leonardo Bruno

Lucro da SulAmérica cai 54,7% no resultado 1T22

Leonardo Bruno

JBS (JBSS3): lucro cresce 151,4% no 1T22, na base anual

Ruan Sousa

Embraer (EMBR3) negocia parcerias na Índia para aeronave turboélice

Ruan Sousa

Hypera (HYPE3) assina acordo para compra de sociedade da Boehringer por R$ 190 milhões

Ruan Sousa