Guia do Investidor
pexels pixabay 53621
Notícias Tesouro direto

Qual o melhor título do Tesouro Direto para Setembro?

  • Com o aumento das de juros, é um bom momento para voltar para a ;
  • Segundo o Boletim Focus, o IPCA deve fechar o ano a 7,27%.
  • Assim, segundo análise do , títulos atrelados a inflação, como IPCA+, são interessantes opções de investimento.

O mês de Setembro chegou, e com ele vem uma série de riscos e atualizações do . Assim, com um possível aumento das taxas básicas de juros, voltam a olhar para em renda fixa com outros olhos. No entanto, qual o melhor título do para comprar em setembro? Confira agora!

É hora de apostar na inflação?

Vivemos um cenário econômico extremamente complexo atualmente no Brasil. Afinal, com a chegada da pandemia no início do ano passado, muitas medidas econômicas precisaram ser tomadas, que somadas aos problemas políticos, se traduzem em uma alta da inflação. Contudo, para os conhecedores das políticas econômicas, fica claro que uma alta inflação, está atrelada a um aumento das taxas básicas de juros. Afinal, a taxa é a principal ferramenta do governo para tentar manter a situação sobre controle.

Leia mais  Carteira Small Caps para Maio 2020

Desse modo, o boletim Focus, emitido semanalmente pelo Banco Central, já especula que o Brasil deve terminar o ano com um IPCA, índice que mede a inflação, de 7,27% e uma Selic de 7,5%.

Assim, para o mês de setembro, o Santander recomenda o +, sem pagamento de juros semestrais, por conta de uma maior eficiência fiscal, com vencimento em 2026.

Com perspectivas de novas elevações das taxas de juros e indicadores econômicos mistos, recomendamos posicionamento que proteja o investidor do viés de alta da inflação”

Santander em comunicado.

Além disso, lembrar, que o tesouro IPCA+ possui uma rentabilidade pré-fixada de 4,73%, e a correção da inflação no período.

O cenário político brasileiro deve ficar ainda mais adverso nos próximos dias. Afinal, o mês deverá ser marcado por dissonâncias diplomáticas entres os três Poderes, bem como o avanço da PEC dos Precatórios e a Reforma do Imposto de Renda, seguirão dividindo o foco dos investidores com outros indicadores econômicos. ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Recomendações no seu e-mail

Nossas redes:

Leia mais

Desaceleração da inflação no Brasil e EUA anima investidores

Guia do Investidor

Inflação acumulada em doze meses pode voltar para a casa de um dígito

Guia do Investidor

🚨Urgente: Temores de recessão se afastam com inflação desacelerando nos EUA

Guia do Investidor

“As incertezas em relação à inflação mundial ainda não acabaram”, afirma gestor de renda fixa

Guia do Investidor

De cada 10 brasileiros, 7 cortaram itens de compra no mercado por causa da inflação

Guia do Investidor

3 Dicas para investir o dinheiro da restituição do Imposto de Renda

Autor Convidado