Guia do Investidor
raizenn scaled 2 1024x609 1
Notícias

Raizen (RAIZ4) confirma Carlos Alberto Bezerra como novo diretor financeiro

A (RAIZ4) realizou importante comunicado junto ao e aos seus acionistas. Ou seja, a empresa informou hoje que o Conselho de Administração da companhia confirmou hoje a renúncia de Guilherme José de Vasconcelos Cerqueira do cargo de Diretor Financeiro e de Relações com Investidores da empresa.

Nesse sentido, em seu lugar, a companhia elegeu Carlos Alberto Bezerra de Moura.

Segundo a nota, o eleito completará o mandato do seu antecessor, permanecendo no cargo até 30 de junho de 2023.

Assim sendo, a companhia informou também os nomes de outros quatro membros da diretoria que iniciaram seus mandatos a partir de 1 de abril de 2022.

Desse modo, são eles: Francis Vernon Queen Neto, Frederico Barbosa Saliba, Rodrigo Cesar Caldas de Sa e Paulo Corte Real Neves.

vê cenário ‘complexo’ no mercado de diesel

O mercado de diesel deve permanecer “complexo” nos próximos meses. Isto é, potencialmente com ainda mais desafios do lado do suprimento, na avaliação da Raízen (RAIZ4).

“A gente não vê o cenário arrefecendo nos próximos três ou quatro meses. O mercado segue complexo”,

disse o presidente da companhia, Ricardo Mussa, durante o “Raízen Day”

Nesse sentido, no encontro com analistas e investidores, o executivo lembrou que no segundo semestre, tipicamente, há alta no consumo de diesel no e a temporada de furacões no Atlântico Norte.

Leia mais  Banco Inter : Guerra da maquininhas pode acabar?

Além disso, com o mercado de gás também apertado, uma alternativa tem sido substituir o insumo por diesel, elevando a competição pelo combustível.

No Brasil, conforme Mussa, a distribuição tem enfrentado momentos desafiadores, em particular na importação de diesel. Contudo, a Raízen tem sido hábil em navegar nesse ambiente.

“Não faltou produto em nenhum momento”, destacou, acrescentando que essa segurança de abastecimento também se reflete em maior embandeiramento de postos.

Mais detalhes sobre

Diante disso, ter a Shell, um gigante global de óleo e gás, como acionista e estar em outros países da América do Sul, garantindo escala na compra de combustíveis, têm contribuído para que a Raízen atravesse esse período de crise sem grandes sobressaltos.

Em determinado momento, indicou o comando da distribuidora, que tem operações na Argentina e no Paraguai, volumes foram desviados de um país para o outro para assegurar o fornecimento da rede.

“A gente está passando muito bem por esse período”

ressaltou

Mussa aproveitou ainda o evento para “prestar contas” sobre as promessas feitas durante as reuniões com investidores e analistas. Isto é, que antecederam a de ações () da Raízen, no ano passado, e destacou que todas as metas foram no mínimo alcançadas.

“Tudo o que a gente falou no IPO, a gente está entregando ou entregando acima do que prometeu”,

afirmou

Sobre o crescimento projetado em renováveis, o executivo indicou que o ritmo de expansão pode ser maior do que o previsto até o fim do ano.

Leia mais  Ações da Raízen (RAIZ4) saem R$ 7,80 em IPO; vale a pena?

Uma das ambições é acelerar a implantação de novas usinas de etanol de segunda geração (E2G).

NÃO DURMA NO PONTO!
Receba as mais quentes do mercado em primeira mão no seu Telegram:
ATIVAR AGORA!

Nossas redes:

Leia mais

Ações ESG Julho: confira as melhores ações sustentáveis para comprar

Leonardo Bruno

Petrobras e Raízen firmam parceria para fortalecer segmento de Biometano

Leonardo Bruno

Petrobras (PETR4) e Raízen (RAIZ4) estudam parceria no negócio de biometano

Ruan Sousa

Aposte em ações de Tecnologia para lucrar em Junho; Aponta o BTG Pactual

Leonardo Bruno

Toro Investimentos revela suas ações favoritas para Junho; Confira indicações

Leonardo Bruno

Raízen (RAIZ4) vê cenário ‘complexo’ no mercado de diesel

Ruan Sousa

Deixe seu comentário