Guia do Investidor
inflacao eua
Recomendações

Recessão? Estrategista afirma que ações americanas vão disparar 40% em 2022

  • John Stoltzfus, CIO da Oppenheime afirma que os EUA irá escapar da e as americanas podem subir quase 40% até o fim do ano.

O receio do com a não é infundado. Com os problemas atuais da do globo, os principais países estão sofrendo com a dos preços e os consequentes altos. E os números estão aí para provar. Segundo levantamento da OCDE, a taxa anual de inflação ao consumidor (IPC) dos países da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico acelerou para 9,6% em maio, o maior nível desde o ano de 1988.

No entanto, segundo o estrategista John Stoltzfus, CIO da Oppenheime, agora é o momento ideal para aproveitar o receio e apostar que os EUA vencerão a recessão.

“O mundo de hoje é muito diferente daquele dos anos 1980,”[…] “Acredito que o Fed possa esfriar a alta de preços sem provocar uma retração. Podemos evitar a recessão.”

O otimismo de Stoltzfus deriva de sua confiança na capacidade do Fed de reequilibrar a economia. Para ele, desde a crise de 2008, quando Ben Bernanke estava no comando do Fed, o BC americano tem demonstrado grande habilidade em mitigar os choques de queda acentuada nos preços, como ocorreu no início da , e também os choques inflacionários, como ocorre agora.

Leia mais  Ciclo de juros altos deu certo? Analistas indicam que o "pior da inflação" já passou

Ele mantém sua previsão de que o S&P 500, atualmente em 3.825 pontos, encerre o ano em 5.330 pontos. Para chegar lá, a alta, aos preços atuais, seria de 39%. Uma sondagem da CNBC com 15 dos principais estrategistas de indica que, na média, eles prevêem que o S&P vai terminar 2022 em 4.684 pontos – o CIO da Oppenheimer é o mais otimista.

E quando vai começar esse rali nas ações? “Ele já começou”, disse Stoltzfus.

LULA OU BOLSONARO? Não corra o risco das eleições no Brasil: abra sua conta no exterior e proteja seu patrimônio

Recomendações no seu e-mail

Nossas redes:

Leia mais

🚨Urgente: Temores de recessão se afastam com inflação desacelerando nos EUA

Fernando Américo

O que os gringos estão achando da bolsa brasileira?

Leonardo Bruno

Queda-livre: Ameaça de Guerra faz Bolsas da Europa fecharem no vermelho

Cristiane Luzio Rodrigues

Inflação tenebrosa: EUA não vão conseguir lidar com o monstro?

Cristiane Luzio Rodrigues

A crise do Subprime: relembre a maior crise do mercado financeiro dos anos 2000

Leonardo Bruno

Maior em 41 anos: Juros nos EUA bate novos recordes

Leonardo Bruno

Deixe seu comentário