Reforma tributária é aprovada: Veja o que pode mudar

Reforma tributária é aprovada: Veja o que pode mudar

24 de maio de 2019 0 Por Diego Dias

Impostos deixam de existir na reforma tributária, enquanto outros são criados, e preço de produtos podem subir. O que esperar da reforma da previdência?

A Reforma tributária foi aprovada e apesar de ainda possuir algumas etapas para sua implantação, o governo parece estar a favor. Além disso as alterações podem influenciar o aumento de preços de produtos de alta circulação no mercado.

No entanto, diversos representantes dos mais variados cargos do governo já se posicionaram a favor da reforma. Então o que pode esperar o Brasileiro com a concretização e implementação da PEC (45/2019)?

Extinção de 5 impostos na Reforma tributária

Ao que se refere o texto que traz a propostas de reestruturação do sistema tributário brasileiro. Há uma a intenção de extinguir ao menos 5 impostos que taxam produtos em todo âmbito nacional.

Logo a intenção é que caso a reforma tributária seja aprovado, os impostos se tornem menos fragmentados. Então os impostos que hoje incidem sobre os produtos comercializados, tantos os Federais, estaduais e municipais, deixem de existir.

Para o lugar deles seria criado um único imposto o IBS – Impostos Sobre Bens e Serviços. Logo com a reforma da previdência haveria uma única só alíquota como referência para todo o país. Assim veja quais os impostos que seriam substituídos pelo IBS.

  • PIS/COFINS – Seguridade e integração Social
  • IPI – Imposto cobrado sobre produtos industrializados
  • ICMS – Imposto cobrado sobre a circulação de mercadorias e serviços
  • ISS – Imposto sobre serviços

Em tese é como se todos os impostos fossem unificados em um só o ICMS. Assim sem o IPI e sem PIS/COFINS as fabricantes não haverá mais imposto cobrado na fonte. Afinal o IBS será recolhido na onde é realizado a venda para o cliente final.

Cigarros e Bebidas alcoólicas podem ficar mais caros

Além da simplificação dos impostos em um único, haverá também a implementação de um segundo que será o Imposto Seletivo. Logo ele tem como objetivo taxar produtos cujo o a intenção é desestimular o consumo.

Então produtos de alta rodagem no mercado como Cigarros e bebidas alcoólicas devem ter seus preços aumentados. O que deve aumentar a receita do governo, ajudado assim no plano de 1 trilhão para previdência.

NÃO PERCA MAIS UMA DICA! CADASTRE SEU E-MAIL

PARTICIPE AGORA DO NOSSO FÓRUM!

O nosso fórum já está aberto para você tirar as suas dúvidas sobre investimento e debater sobre o que quiser. Sinta-se em casa, cadastre-se agora: http://guiadoinvestidor.com.br/forum/