Guia do Investidor
cartao mei santander
Notícias

Santander anuncia cartão de crédito exclusivo para MEIs

O (SANB11) lança nesta semana o cartão de MEI, uma solução exclusiva para microempreendedores individuais com condições mais aderentes ao segmento. Um dos objetivos é auxiliar o cliente na organização financeira, que normalmente se mistura com o orçamento pessoal, ampliando a oferta de produtos que fazem mais sentido ao negócio. O banco fechou parceria com grandes atacadistas para dar desconto em compras com o cartão e oferece anuidade zero a correntistas que tiverem gasto mínimo de R$ 100 por mês na fatura ou cadastrarem chave PIX com CNPJ.

O cartão chega para atender a uma demanda dos microempreendedores que buscam uma alternativa para organizar os gastos do negócio, como compra de estoque, pagamentos de alimentação, gastos com transporte, entre outros, sem misturar com os gastos pessoais. “Nossa intenção é mostrar que é possível separar os ‘bolsos’ e começar a pensar mais como pessoa jurídica. O Cartão Santander MEI oferece descontos em compras relacionadas ao negócio, além de incluir o cliente no segmento correto, facilitando o acesso a serviços financeiros voltados a empresas”, afirma Rogério Panca, diretor de cartões do Santander.

Leia mais  Brasil altera regulamentação cambial e de capitais internacionais

Um dos diferenciais do produto é dar descontos em compras de materiais e insumos. Os primeiros parceiros, como o Sam’s Club, Sumirê e Via (VIIA3), foram escolhidos por fazerem parte de segmentos em que os microempreendedores mais atuam no , como salões de beleza, lojas de acessórios e roupas, serviços de obras de alvenaria, bares, lanchonetes e restaurantes, entre outros. Além disso, oferece desconto em produtos de informática e cursos de formação profissional. Por meio do shopping Esfera (www.shoppingesfera.com.vc), o cliente pode ter cashback de até 10% e acessar outras promoções em mais de 40 parceiros comerciais.

O novo cartão atenderá empresas enquadradas como MEI e dá direito a mais dois cartões adicionais. O limite pode ser gerenciado pelo aplicativo e reavaliado conforme o relacionamento com o banco e nível de adimplência.

O Santander MEI vai compor o portfólio de cartões empresariais que, até então, atendia empresas com maior faturamento e estará disponível para todos os clientes Santander. A contratação é feita por meio da abertura de conta corrente do segmento PJ, o que pode ser feito de forma 100% digital pelo site do banco ou nas agências, com isenção de três meses no pacote de serviços, cinco dias sem juros no cheque especial, pagar e receber com o PIX nos canais digitais e solicitar a máquina de cartões Getnet com a melhor condição de para MEIs. É possível ainda acompanhar tudo sobre a conta e cartão de forma digital no App Santander Empresas.

Leia mais  Ações da Ambev (ABEV3) vale a pena? Veja análise completa

De acordo com Franco Fasoli, diretor de Empresas do Santander, o cartão MEI foi pensando para apoiar os empreendedores que precisam de limite e fôlego para administrar seu negócio. “O objetivo é dar condições para que ele abasteça o seu negócio com a compra de matéria prima e insumos, organizando suas despesas utilizando o cartão de credito”, explica o executivo. O cartão também permite a concentração e a organização das despesas em uma única data – com vencimento da fatura que propicia até 40 dias para o pagamento de uma compra realizada. “Ou seja, um respiro a mais para o ”, completa.

Os clientes contarão também com o Programa Avançar, plataforma de qualificação de micro e pequenos empreendedores e desenvolvimento de gratuitamente, acessando www.programaavancar.com.br.

Mais informações: www.santander.com.br/cartao-empresarial/mei.

LULA OU BOLSONARO? Não corra o risco das eleições no Brasil: abra sua conta no exterior e proteja seu patrimônio

no seu e-mail

Nossas redes:

Leia mais

As melhores da semana? Confira as indicações de ações da Warren

Leonardo Bruno

Santander lança portal de investimentos para levar nova experiência digital a 30 milhões de clientes

Guia do Investidor

Santander vai pagar R$ 1,4 bilhão em dividendo para seus acionistas

Leonardo Bruno

Tarde demais? Santander anuncia que vai liberar negociação de Criptomoedas para 40 milhões de clientes

Leonardo Bruno

Apesar de Lucro atingir R$ 4,08 bilhões no 2T22, Santader recua 2,1% no trimestre

Leonardo Bruno

Após problemas com o App, Santander afirma que vai ressarcir prejuízos

Leonardo Bruno