Guia do Investidor
santander financiamentos
Notícias

Santander volta a oferecer crédito para caminhões e ônibus e projeta liderança em três anos

Em apenas oito meses, financeira do garante fatia de 4% do

Oito meses após voltar a atuar em mar aberto com produtos de crédito para aquisição de ônibus e caminhões novos e usados, a Santander (SANB11) começa a dar sinais de que sua presença trouxe mais competitividade ao setor. A financeira do estima que, ao término do período entre abril e dezembro de 2021, alcançou uma participação de 4% nesse mercado e projeta liderar o financiamento de veículos pesados nos próximos três anos.

A retomada de atuação da em um dos setores que mais movimentam o país está toda focada no produto CDC, o crédito direto ao consumidor. Trata-se de uma opção rápida, com taxas competitivas, processos sem burocracia e 100% digitais, tudo isso dentro de um mercado que teve poucas novidades nos últimos anos. A Santander Financiamentos também está formando times regionais de para um atendimento personalizado, além de uma mesa de negócios digital especifica para o segmento.

“Com poucos cliques e alguns dados fornecidos na nossa plataforma de operação CDC, somos capazes de apresentar uma solução ágil para a compra do caminhão e ônibus, sem burocracia, papeladas e com um motor de crédito potente, capaz de formatar em segundos o novo crédito, com ou sem implementos”, explica André Novaes, diretor da Santander Financiamentos.

O executivo explica que, por ser um mercado com produtos de valor médio elevado e clientes com solicitações recorrentes de crédito, a exigência por competitividade se torna ainda mais alta.

“Nossa retomada vem com foco total na agilidade para aquisição do crédito sem exigir documentação em excesso. Isso tanto para empresas, que buscam mais o veículo zero quilômetro ou usados de maior valor, quanto ao caminhoneiro pessoa física autônomo”, completa Novaes.

Fora do segmento de pesados por 11 anos por meio da sua financeira, o que seguiu uma decisão estratégica da casa, o Santander vinha atendendo à demanda de seus correntistas pelo segmento de Varejo.

Por meio da Santander Financiamentos, o banco hoje é líder no financiamento de veículos comerciais leves de até 3,5 toneladas e até 20 anos de fabricação, de vans e motocicletas. Em abril de 2021, o Santander retomou a atuação em veículos comerciais novos e usados acima de 3,5 toneladas com até oito anos de fabricação de todas as marcas, bem como de micro-ônibus e implementos. O Santander também é líder no segmento de vans com mais de cinco anos de uso, com market share acima dos 30%.

“Com a retomada em pesados, vamos ampliar nossa atuação nas lojas de usados do segmento. Para isso, estamos aumentando o time de consultores em todo o país para cuidar do cliente e atender as suas necessidades de crédito”, finaliza o executivo.

Avalie este post:
[Total: Média: ]

Nossas redes:

Leia mais

Santander oferece 6 mil bolsas de estudos para certificações necessárias para atuar com investimentos

Guia do Investidor

Santander lança ALGO+ ESG, serviço automático de compra e venda de ações

Guia do Investidor

Santander se mostra pessimista para as perspectivas das ações da Tenda (TEND3)

Ruan Sousa

Ações do Santander estão de “graça”? Confira o que dizem os analistas?

Leonardo Bruno

Ações do Santander despencam 4%; É o momento de comprar?

Leonardo Bruno

Com alta de 1,3% Santander lucra R$ 4 bilhões no resultado 1T22

Leonardo Bruno

Deixe seu comentário