Guia do Investidor
saraiva ccxp2017 1
Notícias

Saraiva (SLED4) vende ativos e recebe R$ 160 milhões para pagar dívidas

Ex-líder de de livrarias no Brasil, a (SLED4) ganhou fôlego para superar a sua grave crise financeira. Isto é, e tentar sair de um processo de que já se arrasta há mais de três anos.

Assim sendo, a vendeu o ponto de uma loja do Shopping Ibirapuera, em São Paulo. Isto é, hoje alugada pela varejista Centauro, além de créditos tributários, em um leilão judicial realizado na semana passada.

Desse modo, com o leilão, a varejista abaterá cerca de R$ 160 milhões de sua dívida (que já alcançava a casa dos R$ 500 milhões). Mas o negócio será concretizado só depois da homologação judicial das propostas vencedoras.

 “Ainda há muito a ser feito, mas se trata de um passo importante”,

disse uma fonte próxima à empresa, que pediu para não ser identificada.

“E a venda também foi de uma loja que a Saraiva já sabia viver sem”.

destacou

Ademais, o espaço agora ocupado pela Centauro era o único ponto que ainda pertencia à Saraiva (as demais lojas abertas funciona em áreas alugadas).

Já os créditos tributários pertenciam originalmente ao do Brasil, mas estão hoje nas mãos do fundo Travessia, do BTG Pactual.

Leia mais  O fim da Saraiva? Companhia em recuperação judicial registra novo prejuízo de R$ 18,6 milhões no 4T21

Diante disso, esses eram os únicos disponíveis para venda. Dessa forma, a empresa até tentou vender seu e-commerce (saraiva.com), mas o ativo foi a leilão em mais de uma ocasião e não foi comprado.

Logo, o da venda dos ativos não entrará no caixa da empresa e será destinado exclusivamente para o abatimento da dívida.

Assim, o restante do endividamento deve ser pago pela geração de caixa da empresa, e os credores também podem optar por trocar a sua dívida por .

NÃO DURMA NO PONTO!
Receba as mais quentes do mercado em primeira mão no seu Telegram:
ATIVAR AGORA!

Nossas redes:

Leia mais

Saraiva (SLED4): empresa anuncia Marcos Guedes Pereira como CEO

Ruan Sousa

Saraiva reduz prejuízo, mas segue no vermelho no 1T22

Leonardo Bruno

O fim da Saraiva? Companhia em recuperação judicial registra novo prejuízo de R$ 18,6 milhões no 4T21

Leonardo Bruno

Ações da Saraiva (SLED3) a R$ 0,32: CVM questiona

Leonardo Bruno

As ações com os piores desempenhos nos últimos 10 anos

Victor Rodrigues

Em dia de bolsa fechada, veja notícias e recomendações

Deixe seu comentário