Guia do Investidor
Screenshot 228
Carteiras Notícias Preço-Alvo

Construtoras ainda não se recuperaram da “crise da Evergrande”, afirma banco

O ainda está arisco para o setor de construção brasileiro e, assim, as ações do setor estão sendo afetadas. O pregão de ontem (23/09) foi especialmente feroz com as companhias do setor, que desabaram em grupo. Entenda agora o que está acontecendo!

O setor de construção brasileiro

As ações do setor de construção estão em baixa: as ações da (EZTC3) desabaram 5,18%, a Cyrela (CYRE3) recuou 4,3% e a (MRVE3) perdeu 2,7%. Estas mudanças têm motivos, e vamos esboçar este assunto para você.

Primeiramente, é preciso entender que o mercado imobiliário esteve a beira de um colapso nesta semana. E este risco nasceu no mercado imobiliário chinês. O grande problema que vinha assombrando o mercado chinês era o risco de um “possível calote” da Evergrande. Afinal, o medo do mercado era que a companhia não cumprisse seus vencimentos nesta semana, já que tinha dívidas superiores a US$ 300 bilhões.

No entanto, a empresa anunciou medidas para contornar o problema, mas não tirou toda a desconfiança do mercado. Além disso, os recentes aumentos das de crédito mobiliário no e Estados Unidos estão esfriando o setor. Com isso, o golpe “final” foi dado pelo banco , que rebaixou a recomendação de compra das principais companhias do setor.

Leia mais  Fundos Imobiliários recomendados para Junho de 2020

O Credit Suisse, rebaixou a recomendação de Cyrela de ‘outperform’ para ‘neutral’ e cortou o preço-alvo de R$ 32 para R$ 25. Na contramão, o banco manteve a recomendação de compra para , mas baixou o preço-alvo de R$ 14 para R$ 11. Para a maioria das empresas, o banco manteve o rating neutro, mas cortou os preços-alvos numa média de 28%: EZ Tec (de R$ 44 para R$ 30), (de R$ 15 para R$ 12), (de R$ 15 para R$ 10), MRV (de R$ 24 para R$ 17), Tenda (de R$ 35 para R$ 25) e Direcional (de R$ 19 para R$ 15).

Avalie este post:
[Total: Média: ]

NÃO DURMA NO PONTO!
Receba as mais quentes do mercado em primeira mão no seu Telegram:
ATIVAR AGORA!

Nossas redes:

Leia mais

MRV leva energia limpa aos seus clientes e colaboradores, garantindo redução na conta de luz

Autor Convidado

Cyrela (CYRE3) registra lucro de R$ 162 milhões no 1º trimestre

Ruan Sousa

Lucro da MRV cai 47,8% no 1T22 e chega a R$ 71 milhões

Leonardo Bruno

Even (EVEN3): empresa registra contração no lucro e na receita no 1T22

Ruan Sousa

EzTec (EZTC3): empresa aumenta o lucro em 43,5% no 1T22, na base anual

Ruan Sousa

Moura Dubeux (MDNE3) quebra recorde de vendas no resultado 1T22

Diego Marques