Sergipe e Alagoas devem gerar o “choque de energia barata”

Sergipe e Alagoas devem gerar o “choque de energia barata”

18 de junho de 2019 0 Por Diego Dias

O ATIVO MAIS LURATIVO DO ANO: receba sinais de criptomoedas altamente lucrativos! Por apenas R$ 49,90 mensais você tem acesso a oportunidades de mais de 500% de lucro anual: https://universocripto.net/sinais/

Os poços descobertos pela Petrobras, poderão gerar mais energia do que a região precisa para consumo.

Os estados do Nordeste estão buscando empresas que queiram montar seus polos industriais e aproveitar a produção excessiva. Além do preço baixo no território nacional, haverá exportação em grande escala.

Novas descobertas são a ponte da salvação da Petrobras

No ano de 1955 um dos primeiros anos de operação da Petrobras, a companhia descobriu petróleo as margens do Rio Madeira. Ou seja, no Norte do país, a descoberta inicialmente foi promissoras.

Mas após a abertura de três poços, as amostras foram descartadas por não terem condições de ser produzidas comercialmente. Já em 2006, foi anunciada a descoberta de um campo petrolífero armazenado embaixo de uma grossa camada de sal.

Porém desta vez houve maior cooperação entre a Petrobras(PETR3) e empresas estrangeiras. Sendo que ao longo de muitos anos, a estatal desenvolveu tecnologias que garantiam a autossuficiência do Brasil.

Na época a companhia encontrava-se envolvida em escândalos políticos, o que acabou diminuindo os investimentos no pré-sal. Igualmente a descoberta da reserva não deixou de ser viável, devido ao seu grande potencial produtivo.

Agora em 2019, treze anos depois do pré-sal a Petrobras fez em Sergipe uma descoberta ainda maior. Segundo a empresa são seis campos no total, de onde se espera extrair 20 milhões de m³ de gás natural/dia.

Tal quantidade é equivalente a um terço da produção total brasileira. Ainda no mês passado se dizia que a descoberta poderá gerar R$ 7 bilhões de receita anual para os sócios.

Energia mais barata

Segundo Paulo Guedes esta é a oportunidade pode garantir a execução de seu projeto para o barateamento da energia. Pois com tanta oferta de gás natural e a energia que ele pode gerar, o preço pode baixar até 50%.

Assim como o pré-sal foi capaz de levantar a produção de petróleo, que em 2010 era de 41 mil barris/dia. E em 2016 alcançou a marca de 1 milhão de barris por dia.

Logo em maio de 2018, a produção atingiu a marca de 2,07 milhões de barris por dia. Esse aumento se deve ao avanço na tecnologia e projetos, que podem ser aplicados como modelos para a exploração do gás natural.

NÃO PERCA MAIS UMA DICA! CADASTRE SEU E-MAIL

PARTICIPE AGORA DO NOSSO FÓRUM!

O nosso fórum já está aberto para você tirar as suas dúvidas sobre investimento e debater sobre o que quiser. Sinta-se em casa, cadastre-se agora: http://guiadoinvestidor.com.br/forum/