Servidores e militares perderão até R$ 181 mil com reforma, segundo governo

Servidores e militares perderão até R$ 181 mil com reforma, segundo governo

1 de abril de 2019 1 Por Diego Dias

Com o aumento do valor de contribuição, servidores e militares irão pagar mais. Assim se solidifica a política de quem ganha mais paga menos e quem ganha menos pagará mais! Veja a seguir.

É claro e comum escutar muitas críticas a reforma da previdência. Os que são contrários defendem que ela afetará os mais pobres e retardará o tempo para se aposentar.

A verdade é que a previdência que está tecnicamente quebrada, não por que falta dinheiro mas por que as pessoas não morrem mais tão cedo!

Assim a saída é muito maior que a entrada e por isso são necessárias mudanças rapidamente para garantir a sobrevivência da previdência, até rimou não é mesmo?

O que não está rimando é a paciência do governo ao tentar explicar para quem não consegue compreender, por algum motivo particular, que todos precisaram se sacrificar.

Assim para explicar mais uma vez aos que apenas atacam a reforma e não raciocinam, o governo argumentou que não é apenas a classe baixa que irá sofrer. E sim na análise por pessoa, os mais prejudicados serão servidores públicos e militares. Pois se ganha mais e também se paga mais!

A perda é referente ao desconto e pagamento dentre 10 anos, veja o valor aproximado de perda:

  • Iniciativa privada: R$ 9,6 mil
  • Servidor Público: R$ 141 mil
  • Militares: R$ 181 mil

Economia x Trabalhador

O governo apresenta o número de R$ 1 trilhão de economia em 10 anos. Porém não agrada a muitos políticos, não pensam no futuro do Brasil. Então defendem que quem irá pagar isso é o trabalhador. Então o governo justifica com esses dados, sobre o servidor e os militares, de que todos terão que se sacrificar, ainda mais essa segunda categoria.

O grande momento hilário dessa discussão é que se defende que o trabalhador não pode pagar por essa conta. Porém na hora dos roubos, desvios e milhares de esquemas de propina ninguém se preocupou com a categoria. Seria uma defesa pública pensando em futuros votos?

A declaração é simples e clara:

“Quem ganha mais paga mais; quem ganha menos paga menos. O impacto é bem maior para militares e servidores públicos, porque eles têm regras mais benevolentes, rendas maiores e condições de trabalho mais previsíveis”, afirmou o secretário de Previdência do Ministério da Economia, Leonardo Rolim.

NÃO PERCA MAIS UMA DICA! CADASTRE SEU E-MAIL

PARTICIPE AGORA DO NOSSO FÓRUM!

O nosso fórum já está aberto para você tirar as suas dúvidas sobre investimento e debater sobre o que quiser. Sinta-se em casa, cadastre-se agora: http://guiadoinvestidor.com.br/forum/