Guia do Investidor
ShoppingJKIguatemi10
Recomendações

Shoppings ainda tem margem para lucrar; Aponta Itaú BBA

  • Com as lojas fechadas, o resultado não poderia ser outro: crise no setor, queda das , quebra de contratos de locações, e entre outros prejuízos.
  • No entanto, o acredita que o momento de retomada do segmento está em seu auge, e inclusive, abre margem para uma otimização dos lucros.
  • Para o banco, os aluguéis podem continuar subindo no ritmo de 50% em comparação a 2019, mesmo que as vendas do setor percam fôlego ao longo do segundo semestre.

Segundo a instituição, existem dois motivos por trás da convicção. No primeiro trimestre, o valor médio do aluguel do metro quadrado subiu 37% em comparação ao mesmo período de 2019. Ao mesmo tempo, o IGP-DI, o benchmark para os reajustes, avançou 62%. Em outras palavras, ainda existe espaço para mais repasses apenas para corrigir a inflação acumulada.

Além disso, os estão com uma taxa de ocupação alta, de mais de 95%, o que lhes dá poder de barganha. Para o banco, o aumento no custo da ocupação não seria um problema para os inquilinos.

Leia mais  Oi e Méliuz estão entre Small Caps mais indicadas para Agosto

Mesmo com um repasse total da inflação acumulada no período e um crescimento de vendas conservador, os ganhos de eficiência e a alavancagem operacional dos lojistas permitiriam que eles absorvessem os novos aumentos.

“A boa dinâmica dos custos de ocupação e das finanças dos lojistas abrem espaço para novos aumentos,” escreveu o analista Daniel Gasparete. “Nesse cenário, [os shoppings com] dominantes poderiam aproveitar seu significativo poder de barganha para marcar seus contratos no mercado.”

Gasparete tem de compra para todos os papéis do setor, mas seu top pick é a Multiplan (MULT3). Apesar das melhoras operacionais, as ações dos shoppings nunca voltaram aos níveis pré-pandemia.

LULA OU BOLSONARO? Não corra o risco das eleições no Brasil: abra sua conta no exterior e proteja seu patrimônio

Recomendações no seu e-mail

Nossas redes:

Leia mais

No precinho? Com fim da pandemia no radar ações de Shoppings estão baratas

Leonardo Bruno

Vendas em shopping centers crescem 34,8% no primeiro trimestre de 2022, aponta Abrasce

Guia do Investidor

Shoppings registram crescimento de 28,6% nas vendas de Dia das Mães e movimentam R$ 5,3 bilhões

Guia do Investidor

Itaú BBA enxerga bom ponto de entrada para posicionamento nas ações do BTG Pactual (BPAC11)

Ruan Sousa

Itaú BBA acredita que tendências operacionais sugerem recuperação contínua pós-pandemia para a Gol (GOLL4)

Ruan Sousa

Petz (PETZ3): Itaú BBA corta preço-alvo das ações da empresa

Ruan Sousa

Deixe seu comentário