Guia do Investidor
acoes indices grafico alta bolsa mercado 3
Notícias

Taxa de custódia do Tesouro Direto será cobrada na segunda-feira; veja quem paga

Nos siga no Google News

Continua após o anúncio

O ano de 2022 já vai começar com uma notícia ruim para os investidores. Afinal, a B3, companhia responsável por gerir as demandas da bolsa de valores do Brasil, anunciou que será cobrado, em 3 de janeiro, a taxa de custódia do Tesouro Direto! Mas você sabe exatamente o que é isso e se você vai precisar pagar? Confira agora mais detalhes!

As taxas de custódia da B3

Primeiramente, você precisa entender o que é a taxa de custódia. De forma resumida, é a taxa que a B3 cobra para “guardar seu dinheiro”. Mas calma, não são todos os investidores que vão ter que arcar com este custo.

A taxa é cobrada de forma semestral e automática, referente aos serviços de gestão e manutenção dos títulos (os títulos de tesouro).

Então, se você tem seus investimentos exclusivamente em ações, por exemplo, pode ficar despreocupado e curtir as festas de fim de ano.

Por outro lado, se você possui títulos do tesouro, fique atento as dicas de ouro para não ter complicações com seus investimentos.

As dicas de ouro do Guia do Investidor

A primeira dica de ouro é: o quanto você vai pagar? A partir de janeiro de 2022, a taxa passa a ser de 0,20% ao ano (antes era 0,25%). De acordo com a B3, a cobrança incide sobre o valor total investido em títulos do Tesouro Direto, acrescido da remuneração bruta acumulada no período. A taxa é proporcional aos dias investidos.

Ok ok, mas o quanto isso significa em seu bolso? Aí entra a segunda dica de ouro. A taxa só será cobrada para investidores que possuem mais de R$ 10 mil investidos em títulos de tesouro Selic.

Por outro lado, caso essa não seja a sua situação, a cobrança seguirá o seguinte esquema: Se você investe 10.050 mil reais, como a taxa é de 0,20 por cento, a cobrança será apenas sobre os 50 reais porque até 10 mil reais é isento.

No entanto, nem tudo são flores. Para o Tesouro Prefixado e Tesouro IPCA+, com e sem juros semestrais, a cobrança da taxa é feita normalmente, independentemente do valor investido. Se não é o seu caso, pode novamente voltar a planejar sua virada de ano. Por fim, a última dica de ouro é: fique de olho em seu saldo na corretora! A cobrança é automática, mas o investidor precisa ter o saldo disponível na sua conta da corretora. Assim, verifique o seu saldo em conta e realize a transferência do valor referente à taxa de custódia caso precise.

Nos siga no Google News

DICA: Siga o nosso canal do Telegram para receber rapidamente notícias que impactam o mercado.

Leia mais

Educa+ Mulher: descubra o novo título do Tesouro Direto

Leonardo Bruno

Tesouro Direto: títulos prefixados apresentam ganhos significativos

Miguel Gonçalves

Tesouro Direto Educa+ agora está disponível na corretora Órama

Guia do Investidor

Melhores Investimentos para Aportes Mensais 2024: Veja lista

Anna Oliveira

C6 Bank lança opção de investimento em Tesouro Direto e Letras Financeiras no app

Guia do Investidor

Título de aposentadoria complementar do Tesouro Nacional ultrapassa R$ 1 bilhão em estoque

Guia do Investidor

Deixe seu comentário