Guia do Investidor
acoes recomendadas novembro
Notícias Recomendações

Vale, JBS e PetroRio: Confira as ações favoritas dos analistas para a semana

Nos siga no Google News

Continua após o anúncio

Estamos de volta ao mercado em uma semana onde o foco principal volta a ser os investimentos após duas semanas de feriados. Se você é um conhecedor da bolsa, está ciente das tendências do mercado e como elas se acumulam para “dificultar” a vida de quem está buscando comprar boas ações. Pensando nisso, algumas casas de análises traçam um corte para você investir nesta semana sem grandes dores de cabeça! Confira agora mais detalhes!

O que dizem os analistas?

Assim, três importantes casas de análises divulgam suas carteiras semanais: BTG Pactual, BB investimentos e Elite Investimentos.

Primeiramente, o BB indica uma semana de renovação em sua carteira, ao alterar todos os 5 componentes do potfórlio.

Segundo os analistas, a continuidade da saída de recursos estrangeiros do mercado doméstico foi determinante, sendo influenciada pela elevação do risco global, que derrubou as bolsas mundo afora esta semana.

“No cenário externo, houve elevação da aversão ao risco com temores globais em relação à possibilidade de a inflação permanecer elevada nas maiores economias mundiais, que tenderia a pressionar os juros para cima”, coloca.

Para eles, tal percepção teve impacto adverso sobre a bolsa brasileira, que denotou queda na semana e reversão de entrada de recursos externos.

Nesta semana, a rentabilidade da carteira foi de -1,14%, enquanto o Ibovespa (índice de referência) cedeu -4,39%

Já os analistas da Elite vai apostar todas as suas fichas nas ações da Vale, retirando os papéis da Sanepar (SAPR11) e sem fazer outras alterações, em um momento em que o mercado aguarda a divulgação do balanço da mineradora – o que deve acontecer na quarta-feira (27).

Por fim, o BTG aposta na entrada papéis da frigorífica JBS (JBSS3) e da produtora de soja, milho e algodão SLC Agrícola (SLCE3).

o BTG vê a JBS formando um padrão de continuação de tendência de alta, contrariando a volatilidade.

“Vale lembrar que o ativo precisa romper e firmar acima da resistência em R$ 39,45 para ativar o padrão e seguir com novas altas”, afirma.

O banco tem alvo em R$ 39,94/R$ 41,40 para o papel.

No caso da SLC, o ativo possui tendência de alta no curto e médio prazo, com indicadores apontando alta. O BTG acreditamos no potencial do papel para seguir com novas altas, com alvo em R$ 54,54 e suporte em R$ 49,03/R$ 46,70.

Casa de análiseEmpresaTicker
BB InvestimentosAlliarAALR3
HyperaHYPE3
OrizonORVR6
RandonRAPT4
TaesaTAEE11
MarfrigMarfrigMRFG3
ValeVALE3
BradescoBBDC4
PetroRioPRIO3
MovidaMOVI3
BTG PactualBanrisulBRSR6
OrizonORVR3
JBSJBSS3
SLC AgrícolaSLCE3
NeoenergiaNEOE3
Nos siga no Google News

DICA: Siga o nosso canal do Telegram para receber rapidamente notícias que impactam o mercado.

Leia mais

Insider Trading? Ex-diretor vende ações do Bradesco antes do balanço

Leonardo Bruno

Marfrig (MRFG3) lidera as baixas do setor frigorífico nesta 5ªF

Leonardo Bruno

Apesar de quedas, Vale segue sendo a “queridinha dos dividendos”

Leonardo Bruno

Resultado ruim? Ações da Vale sofrem após prévia do 4T23

Leonardo Bruno

Engatou? Vale produz 84 toneladas de minério no 4T23

Leonardo Bruno

Efeito Lula: Vale perde R$ 40 bilhões de valor de mercado em 2024

Guia do Investidor

Deixe seu comentário