Guia do Investidor
Free Pix
Notícias

Valor de transações Pix tem o maior aumento em um ano, puxado por operações para PJ

Os últimos dados sobre o divulgados pelo Banco Central mostram que o valor total transacionado em março de 2022 teve a maior variação percentual em 12 meses, com aumento de 21%. Apesar da popularidade do Pix entre pessoas físicas, o crescimento foi fortemente impulsionado pelas transações feitas e recebidas por empresas. 

Enquanto o valor transacionado entre pessoas físicas, chamado de P2P, cresceu 14,5% entre fevereiro e março, o aumento foi de 21% nas transações de pessoas para empresas (P2B) e de 33% de empresas para empresas (B2B) no mesmo período.  

“A adesão ao Pix tem crescido entre pessoas jurídicas pela praticidade, mas o valor das tarifas ainda pode ser uma barreira, especialmente entre pequenos e médios empresários que trabalham com margens muito apertadas e pouca disponibilidade de caixa”, diz Monisi Costa, head de produtos e pessoa jurídica do C6 Bank. “Para esses empresários, economizar com tarifas é essencial.” 

Obrigatoriamente gratuitas para pessoas físicas, as transações via Pix podem ter taxas de 1,45% para pessoas jurídicas, uma vez que o permite que instituições financeiras cobrem os clientes PJ pelo uso do sistema de pagamentos.

Avalie este post:
[Total: 1 Média: 5]

Nossas redes:

Leia mais

Startups podem obter crédito para acessar soluções tecnológicas

Agência Brasil

Brics: Brasil defende resolução pacífica para guerra na Ucrânia

Agência Brasil

Ministério da Economia mantém previsão do PIB em 1,5%

Agência Brasil

Economia verde é responsável por 22% da carteira de crédito dos bancos

Agência Brasil

Economia de mercado e democracia fazem do Brasil país confiável

Agência Brasil

Safra de café 2022 pode chegar a 53,4 milhões de sacas

Agência Brasil

Deixe seu comentário