Guia do Investidor
sao paulo 070120dsc 30955332
Imóveis Notícias

Valores de imóveis em São Paulo continuam a subir, segundo relatório do Imovelweb

O Imovelweb, um dos maiores portais imobiliários do País, divulga seu relatório mensal de preços de maio em São Paulo. Seja para alugar ou comprar um imóvel, os valores continuam em alta no levantamento de maio, seguindo a linha dos demais meses de 2022.

Os dados do relatório mensal de preços do Imovelweb, também chamado de Index, são gerados com base em 100% dos listados no portal, seja ou venda, mostrando o preço médio das propriedades.

Aluguel: aumento acelerado

O preço médio do aluguel mensal em São Paulo fechou maio em R$ 3.410 para os de 65 m² e dois quartos, subindo 1,1% em relação ao mês anterior. De acordo com o relatório, considera-se um aumento acelerado: terceiro mês consecutivo com incremento mensal acima de 1,0%. Em 2022, os valores acumulam um incremento de 4,6% levemente abaixo da e muito abaixo do ajuste do Índice Geral de Preços do — IGP-M.

Na análise por região, a Zona Oeste é a mais cara, com um aluguel médio mensal de R$ 3.951. Já a Zona Leste fechou o mês de maio como a região mais econômica, custando R$ 1.819 por mês.

Leia mais  Bloomberg lança novos índices climáticos

Preço do aluguel nas demais regiões de São Paulo

image 82

Considerando os bairros, Itaim Bibi tem o maior preço médio para alugar um  (R$ 4.870 por mês)Cidade Tiradentes ficou como o bairro mais barato (R$ 984 mensal).

Preço do aluguel por bairro em São Paulo:

image 83

Imóveis à venda
 

De acordo com o relatório, o valor médio para os imóveis à venda na capital paulista fechou o mês de maio em R$ 9.708 por m², 0,2% acima do mês prévio. Em 2022, os preços acumularam uma alta de 1,5% abaixo da inflação. Já nos últimos 12 meses, os valores tiveram alta de 4,1%, um terço da inflação do mesmo período.
 

Pinheiros é o bairro mais caro de São Paulo, registrando um preço médio de R$ 14.669 por m². Cidade Tiradentes, assim como para alugar, segue como o mais barato, com um valor de R$ 2.689 por m².

image 84

Analisando pela variação de preços, Guaianases e Parelheiros são os bairros com maior incremento interanual. Já Anhanguera obteve um maior retrocesso.

image 85

Rentabilidade

Leia mais  Curtas: Azul, Copasa, Centauro, Schulz e PBG

O índice de rentabilidade imobiliária relaciona o preço de venda e valor de locação do imóvel para verificar o tempo necessário para recuperar o dinheiro utilizado na aquisição do imóvel. O relatório de maio apontou um índice de 5,58% bruto anual, o que significa que são necessários 17,9 anos de aluguel para reembolsar o de compra, 2,1% a menos que um ano atrás.

As Zonas Leste e Sul são as que oferecem maior retorno para os investidores: acima de 6% anual.

Rentabilidade por região:

image 86

NÃO DURMA NO PONTO!
Receba as mais quentes do mercado em primeira mão no seu Telegram:
ATIVAR AGORA!

Nossas redes:

Leia mais

Aluguel em Brasília acumula sete meses consecutivos de alta, segundo Wimoveis

Guia do Investidor

Preço do aluguel no Rio de Janeiro sobe 8,4% em 2022, segundo Imovelweb

Guia do Investidor

Vendas de imóveis sobem 6,2% no primeiro trimestre de 2022, aponta indicador ABRAINC-FIPE

Guia do Investidor

Confira cinco dicas para acertar em cheio na compra de um imóvel na planta

Guia do Investidor

Quatro em cada dez moradores da região Nordeste querem comprar imóveis, aponta levantamento ABRAINC-Brain

Guia do Investidor

Após recuperar perdas da pandemia, preço do aluguel cai em São Paulo

Guia do Investidor

Deixe seu comentário