Guia do Investidor
Free Unsplash@patwhelen
Carteiras Carteiras Fundos Imobiliários Fundos Imobiliários

Veja os Fundos Imobiliários que mais subiram em 2020

Avalie este post:
[Total: Média: ]

Acompanhe quais foram os (FIIs) que mais subiram e tiveram melhor performance em 2020.

A princípio, os Fundos Imobiliários tiveram um desempenho muito diferente em 2020 em comparação com o ano de 2019, por exemplo.

Enquanto o ano retrasado mostrou que o Índice de Fundos de Imobiliários (IFIX) teve crescimento de quase 36%, o ano passado encerrou o acumulado no vermelho, com variação de cerca de -10%.

Sem surpresas, o principal responsável foi a pandemia pelo coronavírus, que afetou sobretudo os segmentos de e lajes corporativas.

Por outro lado, esse tipo de também viu o seu número de cotistas quase que dobrar. De acordo com o boletim da B3, havia cerca de 1,1 milhão de em Fundos Imobiliários até novembro de 2020.

Além disso, os fundos de e de recebíveis imobiliários (CRIs) se destacaram positivamente pelo seu desempenho em um ano tão conturbado. A seguir, estão listados os critérios de seleção e os FIIs de melhor desempenho nesse sentido.

Leia mais  Ciclos do mercado imobiliário: como funcionam?

Critérios do ranking

Antes de mais nada, o ranking de ’s conta apenas com os Fundos Listados no IFIX, o Índice de Fundos Imobiliários da B3. Em outras palavras, participam da lista os ativos com maior movimentação na Bolsa, excluindo aqueles com cota abaixo de R$ 1,00.

Em seguida, foram ranqueados os fundos que apresentaram as melhores variações de cota + distribuição de proventos durante o ano de 2020.

Resultados

De acordo com os critérios mencionados, o primeiro colocado é o REC Recebíveis Imobiliários (RECR11), seguido do fundo Hectare CE (HCTR11) e Barigui Rendimentos (BARI11) em terceiro.

Nesse sentido, o REC Recebíveis Imobiliários visa investir no segmento de títulos, com predominância em CRIs (Certificados de Recebíveis Imobiliários).

Em seguida, o fundo Hectare CE foca seu posicionamento em ativos imobiliários e principalmente em CRIs.

O FII Barigui Rendimentos, por sua vez, possui investimentos sobretudo em Certificados de Recebíveis Imobiliários também.

Confira a seguir os 10 Fundos Imobiliários que mais subiram em 2020

FundoTickerVariação CotaVariação Cota
+ Proventos
REC Recebíveis Imobiliários RECR11 2,96%26,05%
Hectare CEHCTR11 6,78%23,23%
Barigui Rendimentos BARI11 5,01%13,49%
Mérito Desenvolvimento Imobiliário I MFII11 3,14%12,37%
Habitat Recebíveis Pulverizados HABT11 -0,02%10,80%
VBI CRI CVBI11 0,37%10,42%
XP Selection XPSF11 -2,76%9,38%
Kinea Índices de Preços  -1,68%8,71%
Votorantim Logística VTLT11 -0,31%6,39%
CSHG Prime Offices HGPO11 0,86%5,75%
Avalie este post:
[Total: Média: ]

Nossas redes:

Leia mais

Acabou a mamata? CVM quer mudar regras para distribuição de lucros dos FIIs

Leonardo Bruno

Fundos imobiliários o que são e quais são os mais rentáveis?

Gabriel Tavares

Fundos de investimento tiveram captação líquida positiva de R$ 11,5 bilhões na semana

Victor Rodrigues

Alta da taxa de juros: quais os efeitos para o mercado? Veja levantamento

Victor Rodrigues

Conheça os melhores gestores de fundos do mercado, segundo a EXAME

Victor Rodrigues

Inter Asset reformula estratégia para fundos passivos

Victor Rodrigues

Deixe seu comentário