Guia do Investidor
Comércio Economia Natal Notícias varejo vendas

Vendas no Natal alcançam maior alta em quatro anos

Nos siga no Google News

Continua após o anúncio

Com a retomada da economia brasileira, os consumidores gastaram mais no fim de ano e contribuíram para o avanço do setor de comércio. As vendas no período do Natal alcançaram o maior nível em quatro anos, com um crescimento de 2,66% neste ano na comparação com o mesmo período do ano passado.
Os dados foram divulgados nesta quarta-feira (26) pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e o Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil). O levantamento considerou o período de 4 a 24 de dezembro e tem abrangência nacional.
De acordo com a pesquisa, a expectativa é que a movimentação financeira dos consumidores durante o Natal gere uma circulação de R$ 53,5 bilhões na economia brasileira. Para as entidades, o resultado reflete maior confiança e otimismo dos consumidores em relação aos rumos da economia.
Alta generalizada
Em outro levantamento,  a Associação Brasileira de Lojistas de Shopping (Alshop) identificou um crescimento de 5,5% nas vendas do varejo no período do Natal, com avanço nos gastos dos consumidores com moda masculina e feminina, calçados, perfumes e cosméticos, brinquedos, acessórios, livros, celulares, entre outros.
Fonte: Governo do Brasil, com informações da CNDL, SPC Brasil e Agência Brasil

Nos siga no Google News

DICA: Siga o nosso canal do Telegram para receber rapidamente notícias que impactam o mercado.

Leia mais

Receita alerta microempreendedor sobre erro na declaração anual

Agência Brasil

Em 2028, Petrobras começará a separar petróleo do CO2 no fundo do mar

Agência Brasil

Intenção de consumo das famílias cai 0,5% em fevereiro, aponta CNC

Agência Brasil

Brasil fecha novas vendas para Austrália e Costa Rica

Agência Brasil

Caixa paga novo Bolsa Família a beneficiários com NIS de final 3

Agência Brasil

Governo limita plano familiar de previdência a R$ 5 milhões por pessoa

Agência Brasil

1 comentário

Avon encerra 2018 com rombo de US$ 77,6 milhões - Guia do Investidor - Onde investir melhor 14/02/2019 at 23:32

[…] o enfraquecimento da execução da empresa se dá para a redução da demanda. Houve escassez de vendas nos países de toda a América Latina, como também na Europa, Oriente Médio, África e […]

Responder

Deixe seu comentário