Guia do Investidor
resultado viver 3t20
Notícias

Viver Incorporadora (VIVR3) encerra recuperação judicial

Avalie este post:
[Total: Média: ]

Quase cinco anos após o início da , a (VIVR3) a encerrou. Dessa forma, espera-se que até o fim desse ano a companhia apresente ao menos um projeto na capital paulista. Assim sendo, vale lembrar que o último lançamento da companhia foi em 2013, quando reportou um valor geral de vendas de R$ 25,7 milhões.

Contudo, a Viver não está 100% sem atividade, afinal, presta serviços pela Solv, seu braço com foco em distressed assets. Isto é, a companhia recupera e conclui empreendimentos, e os vende no varejo.

Há pouco mais de um mês, a companhia entrou com pedido de encerramento do seu processo de recuperação judicial. De acordo com o fato relevante, o pedido de recuperação judicial foi feito em setembro de 2016, com o objetivo de reestruturar um passivo de aproximadamente R$ 931 milhões em créditos concursais do Grupo Viver.

Durante 2018 e 2021 foram realizadas 5 tranches de capitalização pela Viver Incorporadora. Dessa forma, por meio de tais capitalizações a companhia sucedeu na quitação de 98% da .

Leia mais  Plano de Recuperação judicial da Saraiva é aprovado

De acordo com a companhia, o pedido de recuperação judicial teve, principalmente, três objetivos principais. O primeiro deles era a preservação das atividades da companhia; o segundo diz respeito a preservação dos interesses e direitos de seus clientes, fornecedores, credores, colaboradores e acionistas; e o terceiro, era de proteger a situação financeira da companhia.

A conclusão da Recuperação Judicial permitirá que a Companhia continue a crescer.”

finalizou a Viver Incorporadora.
Avalie este post:
[Total: Média: ]

NÃO DURMA NO PONTO!
Receba as mais quentes do mercado em primeira mão no seu Telegram:
ATIVAR AGORA!

Nossas redes:

Leia mais

O que é recuperação judicial? Quais as vantagens e diferença entre falência?

Victor Rodrigues

Viver (VIVR3): prejuízo foi menor, mas incorporadora não sai do vermelho no 4T21

Leonardo Bruno

Empresa em recuperação judicial: Como os trabalhadores devem lidar? Especialista dá dicas

Victor Rodrigues

OIBR3: recuperação judicial trará as ações da Oi de volta ao jogo?

Leonardo Bruno

Venda da Oi móvel “avança” e as ações da Oi (OIBR3) disparam 15%

Leonardo Bruno

Oi (OIBR3) anuncia incorporação da subsidiária Oi Móvel

Diogo Albuquerque

Deixe seu comentário