Guia do Investidor
shutterstock 1018478434 850x567 min
Notícias

A Rede D’Or confirmou R$ 300 milhões no pagamento de JCP 

Nos siga no Google News

Continua após o anúncio

A Rede integrada de cuidados em saúde D’Or (RDOR3) aprovou a distribuição de R$ 300 milhões em JCP equivalente a R$ 0,13303067754 por ação ordinária.

“O pagamento dos Juros sobre Capital Próprio será efetuado em 05 de abril de 2024 e
tomará como base a posição acionária final do dia 26 de março de 2024 (“Data de
Corte”), sendo que, a partir do dia 27 de março de 2024 (inclusive), as ações ordinárias
da Companhia passarão a ser negociadas ex-juros sobre o capital próprio.” – Explica o comunicado publicado pela Rede.

A R’OR informa que o pagamento será líquido, após deduzido o imposto de renda retido na fonte conforme a legislação. No entanto, isso não se aplica aos acionistas isentos.

A empresa imputará o montante total dos Juros sobre o Capital Próprio declarados, assim, reduzindo o valor dos dividendos obrigatórios de 2024, sem realizar atualização monetária.

“Os acionistas terão seus créditos disponíveis de acordo com o domicílio bancário
fornecido ao Banco Itaú S.A, Instituição Financeira que atua como Escriturador das
ações de emissão da Companhia. Aos acionistas cujo cadastro não contenha a inscrição
do número do CPF/ME ou do CNPJ/ME, ou a indicação de Banco/Agência/Conta
Corrente, os valores somente serão creditados a partir do 3º dia útil, contado da data
da atualização cadastral nos arquivos eletrônicos do Banco Itaú S.A. Aos acionistas que
tiverem as ações depositadas na B3, os JCP serão pagos e repassados por intermédio
dos seus agentes de custódia.” – Informa o comunicado ao Mercado e aos Acionistas.

JCP – O que é?

JCP, ou Juros sobre Capital Próprio (também conhecido como JSCP), as empresas listadas na bolsa de valores brasileira, a B3, fazem pagamentos em dinheiro aos acionistas.

Quando uma empresa distribui os juros sobre capital próprio, os acionistas recebem um valor em suas contas de investimento. A empresa calcula esse montante com base em seus lucros e o distribui proporcionalmente aos acionistas de acordo com a quantidade de ações que cada um possui.

Leia mais  Bolsa segue rumo a 2 milhões de investidores

Os JCP representam os juros que uma empresa paga aos acionistas pelo investimento realizado em seu capital, especialmente após o IPO (Initial Public Offering). Esses valores ajudam a empresa a cobrir custos operacionais e financiar projetos internos. Além disso, os JCP proporcionam eficiência tributária à empresa e benefícios aos investidores.

Imagine-se navegando em alto mar sem uma bússola. Cada onda representa uma decisão financeira, e sem orientação, é fácil se perder nas correntezas do mercado. É aí que entra a consultoria financeira. Como um farol na escuridão, ela oferece direção clara e segura para alcançar suas metas.

É por isso que o Guia do Investidor orgulhosamente lançou o GDI Finance, com a missão de ser o mapa para o seu sucesso financeiro, mas também para navegar junto ao seu lado. Com anos de experiência, nossos consultores são como capitães experientes, guiando-o pelas águas turbulentas da economia.

Desde a navegação para a aposentadoria tranquila até a jornada para aquisição de bens, o GDI Finance foi criado para simplificar sua trajetória. Com estratégias personalizadas e insights precisos, transformamos desafios em oportunidades e sonhos em realidade.

É hora de aprender a navegar tranquilo por águas turbulentas, alcançaremos horizontes que você nunca imaginou possíveis. Conheça a nossa consultoria financeira hoje mesmo.

Os JSCP são vantajosos porque são calculados antes dos lucros líquidos, o que isenta a empresa do pagamento de Imposto de Renda sobre esse montante. Além disso, o lucro da empresa é reduzido, o que diminui a base de cálculo do imposto. Para os investidores, receber os JCP é vantajoso porque não requer esforço ou iniciativa, sendo um ganho passivo para os acionistas.

Leia mais  Valid (VLID3) aprova pagamento de Juros sobre Capital Próprio aos acionistas

Rede D’Or

Fundada como Cardiolab em 1977 no Rio de Janeiro, a Rede D’Or é a maior rede integrada de cuidados em saúde no Brasil, contando com 70 hospitais próprios e diversas clínicas, destaca-se pela qualidade técnica e atendimento humanizado.

A Rede D’Or investe em inovação e pesquisa clínica através do IDOR – Instituto D’Or de Pesquisa e Ensino, fundado em 2010, no Rio de Janeiro. Além disso, possui unidades em SP, BA e DF e conta com uma equipe de mais de 100 pesquisadores e docentes altamente qualificados. Dessa forma, dedicam-se igualmente ao ensino na área de saúde.

Referência em diagnóstico e tratamento contra o câncer, a parceria entre a Rede D’Or e a Oncologia D’Or favorece o exclusivo processo dessa luta. O fluxo contínuo de cuidados evita exames repetidos e reduz o tempo de espera entre consultas e procedimentos.

Seus princípios são:

  • MISSÃO: Oferecer atendimento médico-hospitalar eficaz, com equipes qualificadas, ética, e respeito ao indivíduo e ao meio ambiente;
  • VISÃO: Tornar-se referência em gestão hospitalar e serviços médicos, mantendo padrões técnicos elevados e responsabilidade socioambiental;
  • VALORES: Competência, credibilidade, desenvolvimento sustentável, humanização, integridade e respeito.
Leia mais  B3 (B3SA3) aprova distribuição de JCP em R$ 292,5 milhões


Nos siga no Google News

DICA: Siga o nosso canal do Telegram para receber rapidamente notícias que impactam o mercado.

Leia mais

Ibovespa abre com queda impulsionado por negativas de B3 e Vale

Paola Rocha Schwartz

Ibovespa cai e distribuição de JCP pelo BB: Confira o resumo do dia

Rodrigo Mahbub Santana

Banco do Brasil fará a distribuição de JCP

Márcia Alves

Ibovespa abre em alta com impulsos de B3, Petrobras e bancos

Paola Rocha Schwartz

Leilão de credores da Americanas tem descontos de até 73,10%

Paola Rocha Schwartz

Ibovespa inicia o dia em alta impulsionado por Eletrobras e B3

Paola Rocha Schwartz

Deixe seu comentário