Guia do Investidor
ibovespa 1 1
Notícias

Abertura do Mercado: Ibovespa cai para 130 mil pontos

Nos siga no Google News

Continua após o anúncio

Queda do Ibovespa para 130 mil pontos devido a preocupações com Medida Provisória da reoneração da folha de pagamentos.

Nesta quarta-feira, o Ibovespa sofreu uma queda, atingindo a marca de 130.697,43 pontos, refletindo a preocupação dos investidores com as declarações do ministro da Fazenda, Fernando Haddad, após negociações sobre a Medida Provisória da reoneração da folha de pagamentos.

As ações de grandes bancos, companhias aéreas, varejistas, construtoras, empresas de educação, petroleiras juniores, frigoríficas e siderúrgicas recuaram. No entanto, as ações da Petrobras (PETR4) e da Vale (VALE3) tiveram alta. Além disso, o dólar comercial subiu para R$ 4,89 e os juros futuros (DIs) avançaram. O ministro Haddad participa de um painel em Brasília, enquanto os investidores aguardam mais dados econômicos e expectativas sobre cortes de juros.

Ibovespa cai devido a preocupações com Medida Provisória da reoneração da folha de pagamentos

Nesta quarta-feira, o Ibovespa, principal índice da bolsa de valores brasileira, teve uma queda significativa, caindo abaixo dos 131 mil pontos. O índice encerrou o dia em 130.697,43 pontos, registrando uma baixa de 0,63%. Essa queda foi influenciada por diversos fatores, incluindo a preocupação dos investidores com as declarações do ministro da Fazenda, Fernando Haddad, após negociações com o presidente do Congresso, senador Rodrigo Pacheco, sobre a Medida Provisória da reoneração da folha de pagamentos.

Vários setores da economia foram afetados por essa queda no mercado de ações. As ações dos grandes bancos, companhias aéreas, varejistas, construtoras, empresas de educação, petroleiras juniores, frigoríficas e siderúrgicas recuaram, refletindo a incerteza dos investidores em relação às políticas econômicas do governo.

Leia mais  Fechamento semana: Veja o resumo e os principais destaques

Por outro lado, as ações da Petrobras (PETR4) e da Vale (VALE3) tiveram alta, proporcionando algum alívio em meio à volatilidade do mercado. No entanto, o dólar comercial também teve um aumento, chegando a R$ 4,89, e os juros futuros (DIs) avançaram em toda a curva, indicando preocupações em relação à inflação e às políticas monetárias.

Imagine-se navegando em alto mar sem uma bússola. Cada onda representa uma decisão financeira, e sem orientação, é fácil se perder nas correntezas do mercado. É aí que entra a consultoria financeira. Como um farol na escuridão, ela oferece direção clara e segura para alcançar suas metas.

É por isso que o Guia do Investidor orgulhosamente lançou o GDI Finance, com a missão de ser o mapa para o seu sucesso financeiro, mas também para navegar junto ao seu lado. Com anos de experiência, nossos consultores são como capitães experientes, guiando-o pelas águas turbulentas da economia.

Desde a navegação para a aposentadoria tranquila até a jornada para aquisição de bens, o GDI Finance foi criado para simplificar sua trajetória. Com estratégias personalizadas e insights precisos, transformamos desafios em oportunidades e sonhos em realidade.

É hora de aprender a navegar tranquilo por águas turbulentas, alcançaremos horizontes que você nunca imaginou possíveis. Conheça a nossa consultoria financeira hoje mesmo.

O ministro Fernando Haddad participou de um painel intitulado “Negócios que Transformam Vidas” no Centro Internacional de Convenções do Brasil, em Brasília, onde discutiu questões econômicas e políticas. Enquanto isso, os investidores continuam aguardando mais dados econômicos e estão atentos às expectativas sobre quando os juros começarão a ser cortados, além de monitorar os balanços de grandes bancos em Wall Street.

Leia mais  Mercado de NY misto à espera de dados do PIB e PCE

Análise do técnico

A XP Investimentos apresentou análises técnicas para diferentes ativos do mercado financeiro. No que diz respeito ao Ibovespa (IBOV), o analista técnico Gilberto Coelho da XP observa que o índice encerrou em leve alta, mantendo-se próximo da média de 21 dias e em uma tendência de alta de longo prazo. Ele aponta que um movimento acima dos 132.000 pontos poderia projetar o IBOV para os níveis de 134.300 ou 140.000 pontos, enquanto uma queda abaixo dos 129.890 pontos poderia resultar em uma correção na direção dos 128.000 a 125.500 pontos. O analista destaca que o Índice de Força Relativa (IFR) sugere recuperações, mas o volume de negociação, mais baixo do que nos últimos dias, traz uma certa indefinição no curto prazo.

No caso do dólar futuro G24, Gilberto Coelho da XP observa que ele fechou em leve alta, mas permanece abaixo da média de 21 dias, indicando uma tendência de baixa de curto prazo. Ele menciona que uma quebra abaixo dos 4.840 pontos poderia levar o dólar para os níveis de 4.818 ou 4.760 pontos, enquanto uma recuperação acima dos 4.900 pontos poderia levá-lo na direção das resistências em 4.958 ou 5.000 pontos. O analista destaca que o volume de negociação foi significativamente abaixo da média.

Leia mais  Índices europeus fecham no vermelho com perspectiva de alta de juros

No cenário do SP500, o analista técnico da XP observa que o índice está se aproximando de um topo e, como está em uma tendência de alta de acordo com as médias de 21 e 200 dias, há uma perspectiva de que ele possa romper a marca de 4.802 pontos, projetando níveis futuros entre 4.965 e 5.230 pontos. No entanto, uma queda abaixo dos 4.754 pontos poderia sinalizar uma realização com a possibilidade de testar suportes em 4.670 ou 4.550 pontos.


Nos siga no Google News

DICA: Siga o nosso canal do Telegram para receber rapidamente notícias que impactam o mercado.

Leia mais

Ibovespa cai e distribuição de JCP pelo BB: Confira o resumo do dia

Rodrigo Mahbub Santana

Ibovespa cai com preocupações sobre inflação e novos líderes na Petrobras

Rodrigo Mahbub Santana

Ibovespa abre em alta com impulsos de B3, Petrobras e bancos

Paola Rocha Schwartz

Dólar opera em queda e Ibovespa fecha em leve alta: confira o resumo do dia

Rodrigo Mahbub Santana

Ibovespa encerra em alta de 0,15% após seis dias de queda

Rodrigo Mahbub Santana

Ibovespa inicia o dia em alta impulsionado por Eletrobras e B3

Paola Rocha Schwartz

Deixe seu comentário