Guia do Investidor
imagem padrao gdi
Notícias

Ações de empresas ligadas ao mercado imobiliário registram alta pelo 3º mês consecutivo

Nos siga no Google News

Continua após o anúncio

Em junho, as ações de empresas ligadas à construção civil foram as que registraram a maior valorização no mercado brasileiro. No último mês, o índice IMOB (indicador da B3 que reúne as companhias do setor) registrou valorização de 9,62%, percentual superior à média do Ibovespa no período (9%).

A terceira alta consecutiva do Imob, destacam os sócios da Nivi Real Estate, está atrelada à melhora das projeções macroeconômicas locais e também internacionais, especialmente dos Estados Unidos.

“O ano de 2023 começou com os papéis das incorporadoras muito desvalorizados, operando a patamares bem baixos na Bolsa. Recentemente, como estamos observando uma inflação mais controlada, além de debates avançados sobre redução da Selic e o arcabouço fiscal, o mercado começa a tentar se antecipar a esses fatos. Esse movimento beneficia as empresas ligadas à construção civil, cujos papéis estavam muito descontados e agora começam a registrar recuperação”, destaca Henrique Blecher, CEO da Nivi Real Estate.

Leia mais  Brasil busca entrada na OCDE, mas processo pode levar até 6 anos, afirma ministro

Na agenda externa, pondera Gustavo Nunes, diretor financeiro da Nivi Real Estate, o principal ponto que tem beneficiado as construtoras e incorporadoras é o fim da alta de juros:

“O Federal Reserve, banco central americano, interrompeu o ciclo de alta de juros em junho deste ano, diante do crescimento moderado do país e da inflação em queda. Essa sinalização, mesmo sendo do exterior, também é benéfica para o Brasil, especialmente para as ações de empresas de construção civil”.

Os executivos avaliam que, diante de um cenário de juros baixos e preços mais estáveis – uma vez que a inflação indica que se comportará dentro do projetado -, o crédito tende a ficar mais barato. Esse efeito é bom para as construtoras, que tomam empréstimos para tirar do papel os projetos, e para os consumidores, que contratam financiamentos para comprar casas e apartamentos.

Nos siga no Google News
Leia mais  Brasil é considerado país promissor para aplicativos de finanças

DICA: Siga o nosso canal do Telegram para receber rapidamente notícias que impactam o mercado.

Leia mais

Crise na Bolsa de Valores? Um alerta para a economia brasileira

Fernando Américo

Conversar sobre dinheiro é motivo real para separação de casais

Fernando Américo

Gasolina se mantém estável em março com média de R$ 5,944

Fernando Américo

Debêntures incentivadas continuam atrativas, diz Santander Brasil

Fernando Américo

Turismo fatura R$ 17,3 bi, impulsionado pelo aumento de preços

Fernando Américo

PIB do México supera o do Brasil em dólares

Márcia Alves

Deixe seu comentário