Guia do Investidor
imagem padrao gdi
Notícias

Bradesco BBI lidera em emissão de títulos de renda fixa em 2022

Nos siga no Google News

Continua após o anúncio

O volume de emissões de títulos de renda fixa coordenadas pelo Bradesco BBI soma R$ 9,1 bilhões no ano, segundo dados do Ranking de Renda Fixa da ANBIMA (Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais).

O valor, que contempla operações de janeiro e fevereiro, representa mais de 25% das emissões de títulos de dívida no período e coloca o Bradesco BBI na liderança do ranking.

Já o Itaú BBA, que liderou essa lista no consolidado do último ano, foi responsável por R$ 7,24 bilhões nos primeiros dois meses de 2022, ficando com o segundo lugar. Em terceiro está o UBS BB, com R$ 3,62 bilhões.

Com o ciclo de alta da Selic e as captações recordes em renda fixa, cinco instituições financeiras superaram a marca de R$ 3 bilhões em originação nos dois primeiros meses de 2022. Além de Bradesco BBI, Itaú BBA e UBS BB, ultrapassaram esse valor BTG Pactual (R$ 3,58 bilhões) e Santander (R$ 3 bilhões). Nos dois primeiros meses de 2021, apenas o Itaú BBA havia superado esse valor.

O desempenho do Bradesco BBI nos dois primeiros meses do ano foi puxado pelas emissões de títulos de longo prazo, que representam R$ 8,28 bilhões do montante coordenado pela instituição. O mesmo aconteceu com o UBS BB, com R$ 3,5 bilhões de seu total de emissões em renda fixa voltado para títulos de longo prazo.

Leia mais  As melhores Small Caps para fevereiro segundo o BTG

O resultado do Itaú, por outro lado, divide-se em emissões de títulos de longo prazo (R$ 3,91 bilhões) e de securitização (R$ 3,2 bilhões).

Em distribuição de títulos de renda fixa, o volume coordenado pelas instituições também cresceu em relação ao primeiro bimestre de 2021.

O Itaú BBA e a XP Investimentos inverteram de posição: o Itaú BBA saltou de R$ 806,9 milhões para R$ 2,49 bilhões e assumiu a primeira posição, enquanto a XP Investimentos ficou em segundo lugar, subindo de R$ 833,1 milhões para R$ 1,83 bilhões.

Mas, proporcionalmente, o maior crescimento em distribuição de renda fixa entre os três primeiros colocados da lista foi registrado pelo Bradesco BBI. A instituição, que está em terceiro lugar, subiu de R$ 231,72 milhões para R$ 1,24 bilhões.

Rankings ANBIMA

O Ranking de Renda Fixa e Híbridos traz os dados das operações desses tipos divididas em originação e distribuição das emissões. Em originação entram os volumes das emissões coordenadas pelas instituições financeiras, enquanto a parte de distribuição apresenta a colocação desses papéis no mercado, ou seja, a disponibilização aos investidores.
 

Leia mais  CPA 20 O que é? CPA 20 Salário, Simulado, Inscrição e mais

O Ranking de Renda Variável consolida as operações no mercado doméstico, e as classifica pelo volume, pela quantidade de ofertas e por aquelas realizadas no varejo. Já o Ranking de Emissões no Mercado Externo reúne as operações de renda fixa feitas no exterior.


Nos siga no Google News

DICA: Siga o nosso canal do Telegram para receber rapidamente notícias que impactam o mercado.

Leia mais

Grupo Mateus assina acordo para adquirir Novo Atacarejo

Rodrigo Mahbub Santana

Sabesp (SBSP3) avança na privatização e BBA reforça compra

Paola Rocha Schwartz

Altas e Baixos do Mercado e mais: Confira o resumo do dia

Rodrigo Mahbub Santana

Aeroporto de Guarulhos terá terminal VIP em parceria com BTG

Paola Rocha Schwartz

Haddad e Leite discutem e Ibovespa fecha em alta: confira o resumo do dia

Rodrigo Mahbub Santana

Bancos já doaram R$126 milhões ao RS

Rodrigo Mahbub Santana

Deixe seu comentário