Guia do Investidor
imagem padrao gdi
Notícias

B3 e Nasdaq fecham parceria para desenvolver nova plataforma de clearing

Nos siga no Google News

Continua após o anúncio

A B3 e a Nasdaq fecharam parceria para desenvolver uma nova plataforma de clearing para bolsa do Brasil. A estrutura é responsável pelo registro, compensação, liquidação e gerenciamento de risco da contraparte das transações executadas nos mercados financeiros.

O acordo é mais um passo na visão estratégica de longo prazo da B3 em atuar com parceiros globais para trazer as melhores tecnologias disponíveis ao mercado brasileiro. A parceria também apoiará a evolução contínua da plataforma da bolsa brasileira e ajudará a atender às necessidades de um mercado em rápida expansão, que exige foco contínuo em inovação.

O cronograma de trabalho entre a B3 e a Nasdaq terá uma estreita colaboração entre as equipes de engenharia, aproveitando a experiência da Nasdaq no fornecimento de soluções de compensação em tempo real para mais de 20 câmaras de compensação de contrapartes centrais (CCPs) em todo o mundo. A bolsa do Brasil, por sua vez, compartilhará sua expertise única de operar mercados exigentes e de alto volume e oferecerá amplo portfólio de produtos financeiros para impulsionar melhorias na plataforma da Nasdaq.

Leia mais  Recorde: 4,1 milhões de brasileiros investem em criptomoedas

De acordo com Mario Palhares, vice-presidente de Operações – Negociação Eletrônica e CCP da B3, a parceria é um movimento importante na evolução da clearing:

“Estamos trabalhando diligentemente para garantir que nossos clientes tenham acesso às melhores soluções disponíveis nos mercados, mirando sempre o aprimoramento da nossa prestação de serviço, aumento de capacidade, de disponibilidade e melhor time to market”, afirma o executivo.

Rodrigo Nardoni, vice-presidente de Tecnologia da B3, ressalta que a modernização da plataforma da B3 será realizada em fases, de maneira gradativa e sem impactos para o mercado.

“A B3, por meio de um processo de migração em fases, irá migrar seu sistema de clearing existente para essa nova plataforma, reforçando nosso compromisso estratégico em trazer inovação tecnológica e capturar benefícios diretos para os nossos clientes.”

O vice-presidente executivo e Chefe de Tecnologia de Mercado da Nasdaq, Roland Chai, afirma que os altos volumes, os grandes eventos disruptivos e as novas classes de ativos colocaram um desafio para os operadores de infraestrutura de mercado, enfatizando a necessidade de aprimorar a infraestrutura de tecnologia.

“Incorporar a tecnologia de compensação da Nasdaq trará benefícios para a B3 e apoiará no rápido crescimento do mercado brasileiro. Também damos boas-vindas à oportunidade de aprimorar nossos próprios produtos e soluções de pós-negociação, colaborando com grupos inovadores de infraestrutura de mercado como a B3″, diz Chai.

Leia mais  Agora vai? Ibovespa engata alta de 1,36% nesta 3ªF

Nos siga no Google News

DICA: Siga o nosso canal do Telegram para receber rapidamente notícias que impactam o mercado.

Leia mais

1T24: Brasil registra maior alta de desemprego em 10 anos

Márcia Alves

Ibovespa encerra em alta de 0,15% após seis dias de queda

Rodrigo Mahbub Santana

Brasil ultrapassa Bélgica em exportação de carros chineses

Márcia Alves

Preço médio de venda dos veículos na região Sul é de R$43 mil

Fernando Américo

Investimentos dos brasileiros crescem 6,1% e chegam a R$ 6,8 tri

Fernando Américo

Brasil está 12% “menos industrializado”, segundo a CNI

Fernando Américo

Deixe seu comentário