Guia do Investidor
imagem padrao gdi
Notícias

Brasil e América Latina podem aproveitar momento de inflexão mundial, diz BID

Nos siga no Google News

Continua após o anúncio

O presidente do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), Ilan Goldfajn, compartilhou perspectivas em uma entrevista à Globonews, destacando um momento propício para o Brasil e a América Latina diante das incertezas econômicas globais. Ele enfatizou a possibilidade de atrair investimentos produtivos para a região.

Ilan Goldfajn apontou que o Brasil e a América Latina têm a oportunidade de captar investimentos em um cenário global de incertezas econômicas. Afinal, destacou a importância de atrair capitais produtivos em um período crucial de mudanças no contexto internacional.

Foco em investimentos sustentáveis e inovação

O presidente do BID ressaltou a importância de direcionar investimentos para setores como energia renovável, destacando o potencial de inovação e desenvolvimento nessa área. Portanto, ele enfatizou a necessidade de proporcionar um ambiente de estabilidade econômica, com baixa inflação e regras estáveis.

Leia mais  Dívida bruta do Brasil fica perto do nível antes da pandemia

Por outro lado, Goldfajn salientou a importância de garantir condições estáveis para atrair investimentos. Ele ressaltou a necessidade de manter uma economia previsível, na qual as regras do jogo sejam consistentes e não sujeitas a mudanças bruscas.

Oportunidades perdidas e lições aprendidas

O presidente do BID expressou preocupação com oportunidades perdidas no passado. Destacou a importância de aprender com esses momentos para não repetir erros e maximizar o potencial de crescimento no futuro.

O discurso de Goldfajn aponta para a necessidade de a América Latina, em especial o Brasil, enfrentar desafios econômicos com uma visão estratégica. Assim, isso implica em criar condições favoráveis para investimentos que possam impulsionar o crescimento econômico de forma sustentável.

A visão do presidente do BID ressalta a importância de aproveitar o momento de inflexão global para atrair investimentos produtivos. É fundamental criar um ambiente atrativo para investidores, promovendo a estabilidade e oferecendo condições propícias para o crescimento econômico, principalmente no setor de inovação e energia renovável.

Portanto, o Brasil e a América Latina têm a oportunidade de se posicionar estrategicamente diante das incertezas econômicas mundiais, visando um futuro mais próspero e sustentável.

EUA registram 9,55 milhões de empregos abertos em setembro, mostra Departamento do Trabalho

Segundo o relatório de emprego e vagas (Jolts) divulgado pelo Departamento do Trabalho dos Estados Unidos, a economia do país registrou um total de 9,55 milhões de vagas em aberto durante o mês de setembro. Esses números superaram as expectativas do mercado, que previam cerca de 9,25 milhões de oportunidades de emprego.

Leia mais  Produção industrial registra queda de 0,6% em abril

Os dados do Departamento do Trabalho destacam um quadro sólido de demanda por mão de obra nos Estados Unidos, indicando um mercado de trabalho dinâmico e em expansão. Em comparação com o mês anterior, agosto, houve uma ligeira redução de aproximadamente 50.000 vagas abertas.

Expectativas superadas

A superação das previsões do mercado reflete um cenário de crescimento contínuo e uma maior necessidade de contratações em diversos setores da economia. Esse panorama tende a influenciar positivamente a dinâmica do mercado de trabalho e a oferta de empregos nos EUA.

Os números revisados de agosto, anteriormente apontando 9,6 milhões de vagas abertas, mostram uma redução leve, porém, não significativa. Essa ligeira diminuição entre os meses sugere um ajuste na dinâmica do mercado, mas sem impactos expressivos na oferta de empregos.

O atual panorama do mercado de trabalho nos Estados Unidos ressalta uma forte demanda por profissionais em diversas áreas e setores da economia. Assim, Esse cenário promissor pode ser um reflexo do crescimento econômico contínuo e das empresas buscando expandir suas equipes.

Leia mais  Brasil assina acordo de livre comércio automotivo com Paraguai

Impacto nas políticas econômicas

A tendência de um número significativo de vagas abertas pode influenciar as políticas econômicas do país, destacando a importância de estratégias para atender à demanda crescente por trabalhadores em um mercado cada vez mais competitivo.

Embora a disponibilidade de empregos seja positiva, a busca por profissionais qualificados permanece um desafio. Essa lacuna entre a oferta de empregos e a qualificação necessária é uma oportunidade para investimentos em programas de capacitação e treinamento.

Portanto, o registro de 9,55 milhões de vagas abertas em setembro nos EUA indica um mercado de trabalho em crescimento, superando as expectativas do mercado. Esse cenário promissor destaca a dinâmica da economia e a contínua busca por novos talentos. No entanto, a necessidade de profissionais qualificados permanece um desafio, apresentando oportunidades para investimentos e iniciativas visando atender às demandas em constante evolução.

Nos siga no Google News

DICA: Siga o nosso canal do Telegram para receber rapidamente notícias que impactam o mercado.

Leia mais

Os Melhores Sites para Analisar Ações

Lara Donnola

Rendimento domiciliar do brasileiro chegou a R$ 1.848 em 2023

Agência Brasil

1 em cada 5 lares recebia benefício do Bolsa Família em 2023

Agência Brasil

Renda dos mais ricos supera em 14,4 vezes a dos mais pobres

Agência Brasil

Brasil amplia relações comerciais com a China

Fernando Américo

Dólar: BC não irá intervir no mercado de câmbio sem motivos

Agência Brasil

Deixe seu comentário