Guia do Investidor
Carla Zambelli
Notícias

Carla Zambelli intimada pelo STF 24h após movimento de impeachment

Nos siga no Google News

Continua após o anúncio

Deputada Carla Zambelli é intimada pelo STF na Câmara, um dia após coletar assinaturas para impeachment de Lula.

Carla Zambelli, deputada federal pelo PL-SP, foi surpreendida com uma intimação do STF entregue diretamente no plenário da Câmara dos Deputados. O ocorrido se deu um dia após a parlamentar anunciar a coleta de mais de 100 assinaturas para um pedido de impeachment contra o presidente Lula. Zambelli e outros deputados da oposição viram a ação como uma possível retaliação política, embora a intimação, despachada pelo ministro Gilmar Mendes em 14 de fevereiro, referisse-se a um processo de outubro de 2022 sobre porte ilegal de arma. A defesa da deputada foi solicitada a prestar esclarecimentos.

Leia mais  Lula se diz "satisfeito" com volta do financiamento do BNDES à Argentina

Intimação do STF a Zambelli Levanta Questões de Perseguição Política

Em um episódio que gerou controvérsia e debate entre parlamentares, Carla Zambelli, deputada federal pelo PL-SP, recebeu uma intimação do Supremo Tribunal Federal (STF) enquanto estava no plenário da Câmara dos Deputados. A ação ocorreu na tarde desta quarta-feira (21/2), causando alvoroço e acusações de perseguição política por parte da oposição. Zambelli, que havia anunciado a coleta de mais de 100 assinaturas para um pedido de impeachment contra o presidente Lula no dia anterior, interpretou a intimação como uma resposta direta às suas atividades políticas.

Colegas de Zambelli, incluindo Rodolfo Nogueira do PL-MS, expressaram indignação com a situação, classificando-a como absurda e um ataque à liberdade parlamentar. A intimação, no entanto, refere-se a um processo anterior às recentes atividades de Zambelli relacionadas ao impeachment. O documento, despachado pelo ministro Gilmar Mendes em 14 de fevereiro, solicita que a deputada preste esclarecimentos sobre acusações de porte ilegal de arma de fogo e constrangimento ilegal, relacionadas a um incidente ocorrido em outubro de 2022 em São Paulo.

O ministro Gilmar Mendes, relator do caso, aguarda posicionamento da defesa de Zambelli após acusações apresentadas pela Procuradoria-Geral da República. Este incidente ressalta a tensão entre o judiciário e legislativo, bem como a polarização política no Brasil, enquanto questões legais e atividades políticas se entrelaçam de maneiras complexas e controversas.

Pedido de Impeachment de Lula Estabelece Novo Recorde de Adesões Parlamentares

O pedido de impeachment contra o presidente Lula, orquestrado pela deputada federal Carla Zambelli, conseguiu reunir o apoio de 129 deputados, um número nunca antes alcançado em processos de impeachment no país. O recorde anterior pertencia ao processo de impeachment contra a ex-presidente Dilma Rousseff em 2016, que teve 124 assinaturas de deputados.

Leia mais  100 dias de governo Lula: Preço da gasolina é a terceira maior barreira para compra de um veículo no Brasil, aponta Ipsos

A base da solicitação de impeachment reside nas declarações controversas de Lula, que comparou as operações militares israelenses em Gaza ao Holocausto. Estas observações foram interpretadas pelos parlamentares como um ato de hostilidade contra uma nação estrangeira, potencialmente expondo o Brasil ao risco de conflito, conforme descrito no Artigo 5º da Constituição Federal.

A deputada Zambelli e os demais signatários do pedido argumentam que tal comparação constitui um crime de responsabilidade, justificando o processo de impeachment. No entanto, mesmo diante da mobilização da oposição e do número recorde de assinaturas, a perspectiva de que o presidente da Câmara, Arthur Lira, dê continuidade ao processo parece ser baixa, de acordo com aliados próximos a Lira. Este cenário sugere uma complexa tramitação política e jurídica nas semanas e meses vindouros.

Nos siga no Google News

DICA: Siga o nosso canal do Telegram para receber rapidamente notícias que impactam o mercado.

Leia mais  Por falta de repasses do Governo Lula, prefeituras do Nordeste entrarão em greve

Leia mais

Congresso e Governo avaliam taxar importações até US$ 50

Rodrigo Mahbub Santana

Moraes “censura” oposição a Lula, afirma comissão dos EUA

Paola Rocha Schwartz

Governo diz que precisará de R$ 50 bi em receitas extras

Márcia Alves

Milei quer se reunir com Lula

Rodrigo Mahbub Santana

Governo quebra confiança fiscal: dólar e juros disparam

Rodrigo Mahbub Santana

Petrobras é um transatlântico à deriva, diz Estadão

Paola Rocha Schwartz

Deixe seu comentário