Guia do Investidor
imagem padrao gdi
Notícias

CSN aprova emissão de debêntures no valor de R$ 700 milhões

Nos siga no Google News

Continua após o anúncio

O Conselho de Administração da CSN (CSNA3) aprovou a 14ª emissão de debêntures simples, não conversíveis em ações, da espécie quirografária, no valor total de R$ 700 milhões. Essa emissão será realizada em até três séries.

As debêntures são títulos de dívida emitidos por empresas para captar recursos junto a investidores. Ao adquirir debêntures, os investidores emprestam dinheiro à empresa emissora e recebem em troca uma remuneração pré-determinada. No caso da emissão aprovada pela CSN, as debêntures serão quirografárias, o que significa que não possuem garantias reais específicas.

A emissão de debêntures é uma estratégia comum utilizada pelas empresas para diversificar suas fontes de financiamento, buscando recursos para investimentos em projetos de expansão, aquisições, reestruturações ou até mesmo para o refinanciamento de dívidas existentes. Essa forma de captação de recursos permite que a empresa tenha acesso a recursos de longo prazo, possibilitando o financiamento de projetos de maior porte.

Leia mais  De olho na retomada do mercado, CSN Mineração fecha pré-contrato de US$ 500 milhões em exportações

A aprovação da emissão de debêntures pela CSN demonstra a confiança da empresa no mercado e a busca por alternativas de financiamento para impulsionar o seu crescimento. Os recursos captados por meio dessa emissão poderão ser utilizados para fortalecer a estrutura financeira da companhia e viabilizar seus planos de expansão.

Vale ressaltar que as debêntures são uma opção de investimento interessante para os investidores, pois oferecem uma remuneração fixa e previsível ao longo do tempo. Além disso, elas podem ser negociadas no mercado secundário, o que proporciona liquidez ao investidor, caso ele deseje vender seus títulos antes do vencimento.

A emissão de debêntures da CSN no valor de R$ 700 milhões representa uma oportunidade para investidores interessados em diversificar sua carteira de investimentos e obter rendimentos por meio dessa modalidade de título de dívida corporativa. O lançamento dessas debêntures fortalece a posição da CSN no mercado e reafirma o compromisso da empresa em buscar fontes de financiamento sólidas para o seu crescimento e desenvolvimento.

Leia mais  CVM fecha acordo de R$3,2 milhões com diretor executivo da CSN
Nos siga no Google News

DICA: Siga o nosso canal do Telegram para receber rapidamente notícias que impactam o mercado.

Leia mais

CVM fecha acordo de R$3,2 milhões com diretor executivo da CSN

Paola Rocha Schwartz

CSN Mineração sai na frente da Vale para 2024?

Leonardo Bruno

VALE3 ou CSN? Apesar de destaques, itaú BBA escolhe VALE como sua favorita no setor

Leonardo Bruno

Vale a pena? CSN recebe reforço em suas notas de crédito pela Fitch

Leonardo Bruno

CSN Mineração aprova pagamento de dividendos e JCP aos acionistas em maio

Leonardo Bruno

CSN registra prejuízo de R$ 823 mi no 1T23 com impactos não recorrentes por hedge; receita líquida cai 4%

Leonardo Bruno

Deixe seu comentário