Guia do Investidor
imagem padrao gdi
Notícias

CSUD3 – Mudança de nome e ticker: CSU passa por novo momento

Nos siga no Google News

Continua após o anúncio

A CSU Digital, líder no mercado brasileiro em soluções de Meios de Pagamentos, Banking as a Service, Fidelização & Incentivos e de Digital Experience, anuncia novo código para a negociação de suas ações em bolsa, o CSUD3. Antes listada na B3 como CARD3, a companhia passou a responder pelo novo ticker a partir de 8 de setembro.

Criada em 1992 — e com capital aberto desde 2006 –, a CSU avalia que a mudança simboliza não só as transformações pelas quais a empresa passou nos últimos anos, mas também reforçar as novas e importantes avenidas de crescimento que surgem a partir de seu novo plano estratégico em uma mensagem direta para o mercado de capitais.

“Direcionamos a estratégia para que o portfólio de produtos e a arquitetura tecnológica estivessem em consonância com o movimento atual em direção à convergência digital. Hoje somos uma empresa de tecnologia para serviços financeiros que atua em todo o ciclo de compra, pagamento, contratação e resgate por meio de múltiplas soluções e plataformas digitais. Agora o novo nome no pregão reflete para os investidores nossa identidade real e atual”, explica Pedro Alvarenga, diretor de Relação com Investidores da companhia.

Além da mudança de ticker, a companhia passou a se chamar CSU Digital e reconheceu uma estrutura diferenciada, de modo que as unidades de negócio CardSystem, MarketSystem e BlueC Technology passaram a atuar abaixo de um único guarda-chuva, chamado CSU Pays — Banking & Business Solutions. Essa unidade cresce em ritmo bastante acelerado e já é responsável por 60% das receitas totais da companhia com base nos números do segundo trimestre desse ano.

Leia mais  Bleu, CSU e outras anunciaram distribuição de seus dividendos

Já a unidade de Customer Experience passa a ser CSU DX – Digital Experience, e passa a abranger toda a jornada de experiência do usuário nas plataformas e esteiras de negócios de seus clientes. Essa divisão foca no desenvolvimento de soluções de alta densidade tecnológica e digital, direcionando os esforços aos projetos de maior valor agregado e complexidade. Durante o 2T22, o volume de interações via canais digitais nos clientes administrados pela CSU ultrapassou os 53%.

“Cada uma dessas mudanças foi fundamental para acelerar a agenda comercial da Companhia”, afirma Alvarenga. Só em 2022, a empresa conquistou diversos novos clientes, entre eles a Ame Digital (fintech e plataforma mobile pertencente ao Grupo B2W), o Bitpreço e Second Market (ambas empresas atuantes no segmento de criptomoedas), além da Rodobens, OLX e Banese.

A CSU chamou a atenção do mercado após a confirmação do lançamento das modalidades pagamento de faturas via PIX Parcelado e criptomoedas.

“Criamos essas soluções pois a convergência digital é o futuro do mercado. Acreditamos que todos os produtos, serviços, moedas e bandeiras devem funcionar de maneira integrada e harmônica, com ofertas mais abrangentes aos consumidores e parceiros”, comenta Alvarenga.

Durante o segundo trimestre do ano, a CSU atingiu Lucro Bruto recorde, chegando a R$ 48,3 milhões, 20% a mais do que no mesmo período de 2021. Da mesma forma, o Lucro Líquido expandiu mais de 18% em novo recorde, agora de R$ 17,7 milhões. Ainda no 2T22, foram 213,6 milhões de transações gerenciadas, 33,6% a mais do que no 2T21. No ano, as plataformas da CSU já processaram quase R$ 126 bilhões, 26% mais que o primeiro semestre de 2021.

“A CSU continuará trabalhando para criar soluções, sempre ao lado de nossos clientes para expandir suas possibilidades de crescimento e rentabilidade, ampliando a percepção de valor junto aos seus consumidores e ao mercado de capitais”, finaliza Alvarenga.

Leia mais  CSUD3: CSU anuncia mudança no ticker e no nome de pregão

Nos siga no Google News

DICA: Siga o nosso canal do Telegram para receber rapidamente notícias que impactam o mercado.

Leia mais

Bleu, CSU e outras anunciaram distribuição de seus dividendos

Paola Rocha Schwartz

Lucro da CSU Digital cresce 20,2% em 2023

Rodrigo Mahbub Santana

Abra o bolso para o 2T23: CSU Digital (CSUD3) anuncia distribuição dividendos

Leonardo Bruno

R$ 0,14 por ação: CSU Digital divulga nova rodada de pagamento de dividendos

Leonardo Bruno

Após mudança de marca, CSU Digital (CSUD3) anuncia planos de expansão no exterior

Guia do Investidor

CSU Digital segue expansão com abertura de escritório nos EUA

Leonardo Bruno

Deixe seu comentário