Guia do Investidor
desktop starnet
Notícias

Desktop registra 11.011 adições líquidas orgânicas de clientes

Nos siga no Google News

Continua após o anúncio

Por mais um trimestre, a Desktop mostrou bons números operacionais, com controle de gastos, margens saudáveis e crescimento orgânico decente.

A Desktop (DESK3) divulgou uma prévia dos seus resultados no 1T24, reportando bons números. No período, a empresa de telecomunicações adicionou 116 mil Casas Passadas (HP), o que totaliza 4,4 milhões, um aumento de 3% em comparação com o mesmo período de 2023. Já as Casas Conectadas (HC), a expansão foi proporcionalmente maior, com 29 mil adições líquidas, registrando um aumento de 10%.

De acordo com a Desktop, a receita líquida atingiu R$ 268 milhões, um aumento de 21% na comparação anual e o Ebitda ajustado totalizou R$ 138 milhões, uma alta de 25% ante o 1T23, com expansão relevante de 2 p.p. de margem Ebitda, que atingiu 51%.

Leia mais  Câmara aprova MP que concede aumento salarial a servidores federais

A empresa de telecomunicações informou que, o crescimento proporcional de HC indica racionalidade para um momento difícil do setor, com a companhia buscando rentabilizar sua infraestrutura atual e apesar do crescimento das despesas em linha com o aumento da operação, o bom controle de custos dos serviços prestados ajudou na expansão das margens.

A linha do resultado financeiro ficou praticamente estável (-R$ 45,9 milhões vs -R$ 46,6 milhões no 1T23), com a queda da Selic parcialmente compensada pelo aumento do endividamento. 

Desktop (DESK3) aprovou aumento de capital de até R$ 300 milhões

A Desktop (DESK3) aprovou aumento do capital social correspondente a um aporte de, no mínimo, R$ 120 milhões e, no máximo, R$ 300 milhões. Destes recursos, R$ 50 milhões serão destinados à conta de reserva de capital e o restante à conta de capital social, mediante a emissão de ações ordinárias, nominativas, escriturais e sem valor nominal para subscrição privada, dentro do limite do capital autorizado.

O aumento de capital significa uma operação financeira para uma elevação do capital social de uma empresa através de duas modalidade: entrada de capital de sócios por meio de subscrição de novas ações ou quotas e incorporação de reservas. 

Leia mais  Trabalhadores nascidos em dezembro podem sacar até R$ 1 mil no FGTS

A entrada de capital é uma fonte de financiamento alternativa à forma de financiamento externo – empréstimos, outros instrumentos de crédito. 

Essa maneira lhe permite financiar a atividade da empresa, novos projetos e ainda o reforço da sua autonomia. 

É uma forma de injetar capital dentro de uma companhia.

Segundo comunicado, a operação visa fortalecer a estrutura de capital da empresa, a fim de viabilizar a aceleração das suas avenidas de crescimento orgânico e inorgânico.


Nos siga no Google News

DICA: Siga o nosso canal do Telegram para receber rapidamente notícias que impactam o mercado.

Leia mais  Petrobras retoma investimentos irrelevantes: entenda

Leia mais

Mercado eleva previsão da inflação de 3,96% para 3,98% em 2024

Agência Brasil

Caixa paga Bolsa Família a beneficiários com NIS de final 6

Agência Brasil

Começa consulta a segundo lote de restituição do IR 2024

Agência Brasil

Intenção de consumo das famílias cresce pelo terceiro mês

Agência Brasil

Caixa paga Bolsa Família a beneficiários com NIS de final 5

Agência Brasil

Segunda emissão de títulos verdes rende US$ 2 bi

Agência Brasil

Deixe seu comentário