Guia do Investidor
privatizacao da eletrobras fica de fora do orcamento de 2022
Notícias

TCU confirma julgamento final da Eletrobras (ELET6) para 18 de maio

Nos siga no Google News

Continua após o anúncio

O Tribunal de Contas da União (TCU) confirmou para o dia 18 de maio o julgamento do processo que trata da privatização da Eletrobras (ELET6). Assim sendo, na ocasião, o órgão deve dar sinal verde para a operação de capitalização da estatal.

Desse modo, a nova data coincide com o pedido de vista apresentado na última quarta-feira pelo ministro Vital do Rêgo. Diante disso, ele queria analisar o caso por 60 dias, mas foi convencido pelos colegas a diminuir o prazo para 20 dias.

Nesse sentido, oficialmente, o período de vista de encerra no dia 10 de maio e o TCU tem uma sessão no dia seguinte.

Desse modo, ocorre que na ocasião a pauta já estará fechada, o que empurra o processo para a reunião plenária do dia 18.

Portanto, não está descartado, contudo, a apresentação de um pedido de sessão extraordinária a partir de dia 10, de forma a antecipar em alguns dias a análise da matéria pelo colegiado.

Eletrobras (ELET6): CVM questiona oscilações recentes nos papéis da empresa

Na última quarta-feira, dia 20 de abril, a CVM realizou um questionamento sobre as oscilações nas ações da Eletrobras (ELET6). Desse modo, a empresa se pronunciou sobre o caso, por meio de fato relevante publicado junto ao mercado e aos seus acionistas.

Assim sendo, a empresa afirmou que

“A Eletrobras esclarece que seu processo de privatização é composto de diversas etapas, conforme já amplamente divulgado pela Companhia. A cada etapa realizada, é normal que ocorram oscilações nas movimentações dos valores mobiliários, sem que haja qualquer controle ou ingerência por parte da Companhia”

afirmou a empresa

Além disso, a companhia completou

Ao longo dos últimos dias, houve diversas notícias sobre expectativas do julgamento do processo no Tribunal de Contas da União, tema que é de conhecimento público e foi objeto de Fato Relevante divulgado pela Companhia em 15 de fevereiro de 2022 e de Comunicado ao Mercado divulgado nesta data.

destacou a empresa

Logo, a Eletrobras se prontificou a fornecer novas explicações em caso de necessidade.

Nos siga no Google News

DICA: Siga o nosso canal do Telegram para receber rapidamente notícias que impactam o mercado.

Leia mais

TCU aponta irregularidades em contrato da Petrobras com Unigel

Lara Donnola

TCU: rombo nas contas será de R$ 55 bi em 2024

Guia do Investidor

Eletrobras: Barganha ou Furada?

Leonardo Bruno

Eletrobras adota medidas para incorporação de Furnas

Miguel Gonçalves

Eletrobras: governo solicita suspensão da assembleia de acionistas

Miguel Gonçalves

Lula tenta esconder presentes recebidos em 2023: entenda

Guia do Investidor

Deixe seu comentário