Guia do Investidor
ETF Bitcoin
Bitcoin / Criptomoedas Notícias

ETFs de Bitcoin têm melhor estreia nos EUA em 30 anos

Nos siga no Google News

Continua após o anúncio

ETFs de Bitcoin da BlackRock e Fidelity registram recorde histórico, atraindo mais de US$ 3 bilhões em ativos no primeiro mês de negociação.

Os ETFs de Bitcoin lançados pela BlackRock e Fidelity têm uma estreia excepcional nos EUA, atraindo mais de US$ 3 bilhões em ativos em apenas 17 dias de negociação. Esta é a melhor performance de um ETF nos últimos 30 anos. Analistas destacam o impressionante saldo positivo de entradas diárias desde o lançamento, algo inédito. Outros ETFs de Bitcoin também se destacam no ranking de aportes em 2024. O sucesso desses ETFs reflete a crescente demanda por investimentos em Bitcoin, impulsionada pela entrada de grandes gestoras e pelo interesse institucional.

ETFs de Bitcoin da BlackRock e Fidelity superam expectativas com recorde de aportes em estreia nos EUA

Os ETFs de Bitcoin da BlackRock e Fidelity, o iShares Bitcoin Trust (IBIT) e o Wise Origin Bitcoin Fund (FBTC), respectivamente, alcançaram um feito notável ao acumularem mais de US$ 3 bilhões em ativos cada um nos primeiros 17 dias de negociação. Esta marca representa o melhor desempenho de um ETF nos Estados Unidos em 30 anos, superando até mesmo o ETF iShares Climate Conscious & Transition MSCI USA da BlackRock, que detinha o recorde anterior.

O analista de ETF da Bloomberg, Eric Balchunas, descreveu os resultados como “literalmente sem precedentes”, observando o saldo positivo de entradas diárias desde o lançamento. Este sucesso contrasta com a maioria dos ETFs, que geralmente dependem de um único investidor para aportar ativos.

Outros ETFs de Bitcoin, como o ETF de Bitcoin à vista da ARK 21Shares e o Bitwise Bitcoin Fund, também se destacaram, ocupando posições de destaque no ranking de aportes em 2024. Este fenômeno reflete a crescente demanda por investimentos em Bitcoin, impulsionada pela entrada de grandes gestoras e pelo interesse institucional.

Apesar das saídas em massa do ETF de Bitcoin da Grayscale, que influenciaram positivamente o desempenho dos ETFs de Bitcoin à vista, o sucesso desses produtos financeiros ressalta a crescente aceitação e legitimidade do Bitcoin como uma classe de ativos respeitável e atrativa para investidores institucionais e individuais. Este marco histórico marca um ponto de virada significativo para a adoção de criptomoedas no mercado financeiro tradicional.

O Bitcoin atinge novo patamar após S&P 500 registrar marco histórico, enquanto analistas projetam continuidade da tendência de alta

Ainda sobre criptomoedas, o Bitcoin continua sua escalada de preços, ultrapassando a marca de US$ 46.000, impulsionado pelo recente recorde histórico do S&P 500, que atingiu os 5.000 pontos pela primeira vez. Este movimento reflete o otimismo nos mercados de criptomoedas e ações, com os investidores demonstrando confiança na economia global.

Analistas apontam para a força dos touros no mercado de Bitcoin, que conseguiram vencer a recente faixa de resistência, levando o BTC a máximas não vistas desde o lançamento dos ETFs de Bitcoin. Esses fundos têm desempenhado um papel fundamental na sustentação do preço do Bitcoin, com um aumento notável na liquidez e uma redução nos saques do Grayscale Bitcoin Trust.

Enquanto isso, o mercado de ações dos EUA testemunha uma valorização expressiva nos últimos meses, com o S&P 500 adicionando quase US$ 8,5 trilhões em capitalização de mercado desde outubro. Especialistas sugerem que essa tendência de alta nas ações pode continuar, com investidores buscando maximizar retornos em um ambiente de juros baixos e estímulos fiscais.

No mercado de criptomoedas, observa-se um suporte crucial em torno de US$ 40.000, com uma resistência significativa próxima a US$ 48.000 – US$ 49.000. Os analistas destacam que o Bitcoin tem mantido uma faixa de preço há mais de 150 dias, o que pode indicar uma consolidação antes de um possível movimento ascendente.

Em meio a todas essas tendências, a redução pela metade do subsídio de bloco do Bitcoin, prevista para abril, também está sendo analisada como um potencial catalisador de movimentos de preço no futuro.

Nos siga no Google News

DICA: Siga o nosso canal do Telegram para receber rapidamente notícias que impactam o mercado.

Leia mais

Donos da BraisCompany presos na Argentina após fugirem do Brasil

Fernando Américo

BlackRock lança BDR do ETF Bitcoin na B3

Fernando Américo

JPMorgan prevê Bitcoin a US$ 42 mil após halving em abril

Fernando Américo

Justiça do Rio “devolve” dinheiro a pirâmide financeira: entenda

Fernando Américo

Bitcoin: 90% dos endereços estão no lucro

Fernando Américo

Bitcoin atinge US$ 62.819 e memecoins dominam mercado

Fernando Américo

Deixe seu comentário