Guia do Investidor
imagem padrao gdi
Notícias

Fras-le (FRAS3) vai pagar R$ 64 milhões em JCP; descubra se você tem direito a essa bolada

Nos siga no Google News

Continua após o anúncio

A Frasle Mobility (FRAS3), renomada empresa do setor de mobilidade, dará início ao pagamento dos Juros Sobre o Capital Próprio (JCP) aos seus acionistas. Essa distribuição foi aprovada durante a última reunião do Conselho de Administração da Companhia, realizada na segunda-feira.

O montante total a ser pago alcança a expressiva quantia de R$ 64,5 milhões, correspondendo a um valor bruto de R$ 0,241669 por ação. É importante ressaltar que esses valores podem ser imputados aos dividendos relativos ao exercício social a ser encerrado em 31 de dezembro de 2023, desde que haja deliberação durante a Assembleia Geral Ordinária de 2024.

Todos os titulares de ações ordinárias da Frasle Mobility que estiverem registrados na base acionária até o dia 20 de julho de 2023 terão direito ao recebimento dos Juros Sobre o Capital Próprio. A partir do dia 21 de julho de 2023, as ações serão negociadas “ex-direito” ao JCP.

O pagamento de dividendos e JCP é uma prática comum entre as empresas de capital aberto, que visam recompensar os acionistas pelo investimento realizado. Esses proventos são uma forma de retorno financeiro aos investidores, além de serem uma estratégia para atrair novos acionistas e manter a confiança dos atuais.

Os dividendos são a distribuição de lucros realizada pela empresa aos acionistas, proporcionando uma participação nos ganhos obtidos. Essa distribuição é realizada de acordo com a porcentagem de ações que cada acionista possui, sendo que os valores são pagos de forma periódica, geralmente de acordo com o desempenho financeiro da empresa ao longo do ano.

Leia mais  Fras-le (FRAS3) atinge R$ 286 milhões de receita líquida em setembro

Por outro lado, os Juros Sobre o Capital Próprio são uma forma alternativa de remuneração aos acionistas. Nesse caso, a empresa remunera seus acionistas com juros calculados sobre o capital investido. Esses juros são considerados uma despesa financeira para a empresa, reduzindo seu lucro líquido. No entanto, para os acionistas, o recebimento de JCP é considerado como uma receita financeira, sujeita à tributação de Imposto de Renda.

Imagine-se navegando em alto mar sem uma bússola. Cada onda representa uma decisão financeira, e sem orientação, é fácil se perder nas correntezas do mercado. É aí que entra a consultoria financeira. Como um farol na escuridão, ela oferece direção clara e segura para alcançar suas metas.

É por isso que o Guia do Investidor orgulhosamente lançou o GDI Finance, com a missão de ser o mapa para o seu sucesso financeiro, mas também para navegar junto ao seu lado. Com anos de experiência, nossos consultores são como capitães experientes, guiando-o pelas águas turbulentas da economia.

Desde a navegação para a aposentadoria tranquila até a jornada para aquisição de bens, o GDI Finance foi criado para simplificar sua trajetória. Com estratégias personalizadas e insights precisos, transformamos desafios em oportunidades e sonhos em realidade.

É hora de aprender a navegar tranquilo por águas turbulentas, alcançaremos horizontes que você nunca imaginou possíveis. Conheça a nossa consultoria financeira hoje mesmo.

Uma das principais diferenças entre dividendos e JCP é a forma como são tratados em relação à incidência de impostos. Enquanto os dividendos estão sujeitos à tributação apenas no momento do recebimento por parte do acionista, os JCP sofrem a retenção de imposto na fonte, ou seja, são tributados na empresa antes do pagamento aos acionistas.

Leia mais  Agenda de resultados da semana

A escolha entre o pagamento de dividendos ou JCP pode variar de acordo com a estratégia financeira da empresa e com a situação tributária vigente. Algumas empresas optam pelo JCP como forma de obter uma economia tributária, visto que a tributação é menor em comparação aos dividendos.

Dessa forma, o pagamento dos Juros Sobre o Capital Próprio pela Frasle Mobility representa um importante momento para os acionistas, que terão a oportunidade de receber uma remuneração adicional pelos investimentos realizados. Além disso, evidencia a solidez financeira da empresa e o compromisso com a valorização dos acionistas. Os investidores devem estar atentos às datas estabelecidas para garantir o direito ao recebimento desses proventos e, assim, aproveitar os benefícios oferecidos pela empresa.

Conhece a Nova Agenda Dividendos do GDI? 

Por fim, se você é um investidor que gosta de estar ligado e antenado as empresas que mais pagam dividendos no mercado, precisa acessar a nova e repaginada Agenda de Dividendos do Guia do Investidor!

image 32
Agenda Dividendos do GDI

Lá é possível conferir as principais datas de pagamentos, as empresas que mais estão pagando dividendos acionistas e os tipos de dividendos que serão distribuídos nos próximos dias! Portanto, não deixe de clicar aqui para conferir e encher seu bolso!

Leia mais  Lucro da Fras-le (FRAS3) dispara 60,3% e chega a R$ 32,3 milhões no resultado 4T22

Nos siga no Google News

DICA: Siga o nosso canal do Telegram para receber rapidamente notícias que impactam o mercado.

Leia mais

Caos no RS e leve alta do Dólar: Confira o fechamento do dia

Rodrigo Mahbub Santana

Randon e Fras-le divulgam receitas de Março

Márcia Alves

Lucro da Fras-le (FRAS3) dispara 60,3% e chega a R$ 32,3 milhões no resultado 4T22

Leonardo Bruno

Bolada vindo aí: Fras-le (FRAS3) anuncia pagamento de R$ 46 milhões em JCP

Leonardo Bruno

Fras-le (FRAS3) tem receita líquida de R$ 22,9 milhões em Outubro

Leonardo Bruno

Fras-le (FRAS3) atinge R$ 286 milhões de receita líquida em setembro

Gabriele de Paula

Deixe seu comentário