Guia do Investidor
imagem padrao gdi
Notícias

GM ganha parceria da Vale para transformar “economia de carros elétricos” realidade

Nos siga no Google News

Continua após o anúncio

Você acha que apenas a Tesla está focada na transição de veículos elétricos? A General Motors (GM), uma das principais montadoras do mundo também possui seus planos para expandir o segmento, e para isso, acaba de ganhar um gigantesco parceiro: a Vale (VALE3).

Nesta quinta-feira, 17 de novembro, o grupo brasileiro assinou um contrato de longo prazo para fornecer sulfato de níquel para a General Motors (GM), nos Estados Unidos, por meio da sua subsidiária Vale Canada Limited. O contrato envolve o equivalente a 25 mil toneladas por ano, material que será usado nas baterias Ultium, da GM, destinadas aos veículos elétricos da montadora, um portfólio que inclui modelos como Chevrolet Silverado, Blazer e Equinox.

Leia mais  Não "VALE3" a pena? Lucro da Vale desaba 78% no resultado 2T23

O volume incluído no contrato é suficiente para produzir e equipar aproximadamente 350 mil carros anualmente. Com início previsto no segundo semestre de 2026, as entregas serão feitas a partir de uma unidade da Vale a ser instalada em Bécancour, no Canadá.

“Este é um acordo importante para a divisão de metais básicos da Vale, que traz um parceiro-chave na GM nesta planta inédita no Canadá e na América do Norte” […] “O projeto de sulfato de níquel proposto utilizará níquel de alta pureza e baixo teor de carbono de nossas refinarias canadenses e é uma extensão natural para nossos negócios, oferecendo vendas diversificadas com entrada rápida e ponto de ancoragem no mercado americano de veículos elétricos”,

Disse, em nota, Deshnee Naidoo, vice-presidente executiva de metais básicos da Vale

No comunicado, Doug Parks, vice-presidente executivo global de desenvolvimento de produto, compras e supply chain da GM, destacou o time “multidisciplinar” da montadora americana, que está centrado na construção de uma cadeia de suprimentos na categoria de carros elétricos.

“O trabalho deles já permitiu à GM assinar vários acordos para garantir a matéria-prima da bateria para uma capacidade anual de um milhão de veículos elétricos na América do Norte até 2025.

Esse novo contrato com a Vale reforça a liderança na construção de uma cadeia segura e sustentável da categoria na região”, disse o executivo. Como parte do acordo, a Vale e a GM concordaram em estudar parcerias para o desenvolvimento de tecnologia avançada e modelos de comercialização para recuperar metais reciclados.

Leia mais  Notícias Ibovespa, Cielo, Localiza, Petro Rio, Vale e mais

Nos siga no Google News

DICA: Siga o nosso canal do Telegram para receber rapidamente notícias que impactam o mercado.

Leia mais

Ibovespa abre com queda impulsionado por negativas de B3 e Vale

Paola Rocha Schwartz

Ibovespa inicia em alta impulsionado por Eletrobras e Vale

Paola Rocha Schwartz

Ibovespa abre em queda, refletindo baixas de Vale e Eletrobras

Paola Rocha Schwartz

Ibovespa inicia em queda, seguido por baixas de Vale e Eletrobras

Paola Rocha Schwartz

China anuncia nova medida e anima ações da Vale

Márcia Alves

Ibovespa abre com queda seguido por baixas da B3 e Eletrobras

Paola Rocha Schwartz

Deixe seu comentário