Guia do Investidor
irb brasil div
Notícias

Mesmo com resultado positivo, ações da IRB (IRBR3) derretem

Nos siga no Google News

Continua após o anúncio

Embora a IRB tenha alcançado lucro líquido de R$ 114,2 milhões, os papéis da empresa sofreram baixa de 5,45% no fechamento de mercado na quarta-feira (28). As ações da resseguradora lideraram as quedas no Ibovespa, apresentando uma retração superior a 4%, após passarem por dois leilões devido à oscilação máxima permitida. A resseguradora encerrou o exercício de 2023 com um lucro líquido de R$ 114,229 milhões, revertendo a situação negativa de R$ 630,341 milhões registrada em 2022. O resultado está em conformidade com a metodologia contábil estabelecida pela Superintendência de Seguros Privados (Susep), o órgão regulador do segmento de seguros e resseguros.

Motivos da baixa da IRBR3

O lucro não foi suficiente para manter o otimismo dos investidores. Outros aspectos do balanço do IRB pesaram na precificação das ações. O IRB registrou uma diminuição significativa de 42% no volume de pedidos de indenização em comparação com o ano de 2022, totalizando R$ 3,925 bilhões. Como resultado, a emissão de prêmios, indicando a receita proveniente de resseguros, experimentou uma queda de 19% ao longo de um ano, totalizando R$ 5,690 bilhões.

Leia mais  Ibovespa bate recorde com destaque para petrolíferas

O desempenho financeiro do IRB também apresentou uma retração de 3% no período de um ano, alcançando R$ 426,138 milhões. Os ativos da resseguradora diminuíram em 10% na mesma base de comparação, atingindo R$ 20,801 bilhões, embora o patrimônio líquido tenha aumentado em 3,5%, alcançando R$ 4,216 bilhões. Por volta das 12h35, as ações IRBR3 registravam uma queda de 3,66%, sendo cotadas a R$ 39,78, representando a maior retração no índice Ibovespa.

IRB “vale mais a pena” que Porto? Descubra as novas recomendações

O banco Santander recentemente divulgou atualizações em suas recomendações para ações no setor de seguros, com destaque para o aumento da recomendação para o IRB (IRBR3) para “neutro” e o rebaixamento da Porto Seguro (PSSA3) para a mesma classificação, também em “neutro”. Enquanto isso, a recomendação para a BB Seguridade (BBSE3) foi mantida em “neutro”. Vamos analisar os motivos por trás dessas mudanças e o cenário para essas empresas em 2024.

O IRB teve sua recomendação elevada pelo Santander devido à expectativa de que a resseguradora está saindo de um período difícil e que o pior já passou. Os analistas do banco acreditam que o IRB deve entregar um lucro líquido de R$ 328 milhões em 2024, com um combined ratio de 103%.

O Santander prevê que o processo de turnaround (recuperação) do IRB começará a mostrar resultados significativos. Embora a empresa ainda não tenha atingido completamente seus objetivos de recuperação, os resultados devem melhorar materialmente em 2024.

Leia mais  NY reage mal ao Fed e Ibovespa cai

Além disso, o banco espera uma melhoria na taxa de sinistralidade, que deve cair ligeiramente para 74%. É importante destacar que o IRB está caminhando para entregar lucro em 2023, conforme os resultados divulgados, revertendo o prejuízo de 2022 para um lucro de R$ 24 milhões em novembro de 2023.

Porto Seguro: Perspectivas Limitadas de Crescimento

Por outro lado, a Porto Seguro teve sua recomendação rebaixada pelo Santander para “neutro”. A instituição financeira justifica essa mudança com base nas perspectivas limitadas de crescimento para a empresa em 2024. Em 2023, a Porto teve um desempenho forte, o que torna as bases de comparação para este ano mais desafiadoras.

O Santander aponta que a Porto aumentou significativamente os preços em 2023 e acredita que há pouco espaço para outro aumento de preços em 2024. Além disso, o banco observou que a Porto adotou uma abordagem mais conservadora em sua unidade de negócio de cartão de crédito, o que deve impactar as margens da empresa.

Embora o Santander reconheça melhorias de desempenho nos segmentos de saúde e serviços da Porto, isso não é suficiente para justificar uma recomendação mais elevada, de acordo com a instituição financeira.

Leia mais  De volta ao jogo? Para trazer valor as ações, IRB vai fazer grupamento

BB Seguridade: Manutenção da Recomendação “Neutro”

A recomendação da BB Seguridade foi mantida pelo Santander como “neutro”, com um novo preço-alvo de R$ 38. Não houve alteração de rating devido à expectativa de uma atividade mais fraca no agronegócio em 2024, o que deve impactar o crescimento dos prêmios da empresa.

Além disso, o Santander mencionou a possibilidade de um impacto maior do La Niña na sinistralidade da BB Seguridade no segundo semestre de 2024, o que contribuiu para a abordagem mais conservadora do banco em relação à empresa.

As taxas de juros mais baixas esperadas para 2024 também devem exercer pressão sobre o portfólio de investimentos da BB Seguridade, de acordo com o Santander.

Nos siga no Google News

DICA: Siga o nosso canal do Telegram para receber rapidamente notícias que impactam o mercado.

Leia mais

Americanas faz proposta para grupamento de ações

Márcia Alves

Ações da Rivian caem 8%: a culpa é da Ford

Rodrigo Mahbub Santana

Crise na Bolsa de Valores? Um alerta para a economia brasileira

Fernando Américo

Ibovespa: +2 mil pontos, 128,8 mil. Vale impulsiona.

Rodrigo Mahbub Santana

O que acontece com uma nova bolsa de valores no Brasil?

Fernando Américo

Ranking das ações com maiores dividendos da bolsa

Márcia Alves

Deixe seu comentário