Guia do Investidor
Oi telefonia
Notícias

Oi apresenta novo plano de negócios com projeções reduzidas para os próximos anos

Nos siga no Google News

Continua após o anúncio

Oi divulga plano de negócios com projeções de receita líquida, Ebitda, investimentos e fluxo de caixa menores para os próximos anos.

A Oi divulgou na semana passada um novo plano de negócios que reduz suas projeções de resultados para os próximos anos. A receita líquida consolidada, Ebitda, investimentos e fluxo de caixa estão abaixo das previsões do plano anterior. A atualização ocorre no contexto do novo pedido de recuperação judicial da tele e da renegociação das dívidas com credores.

A companhia também planeja tomar um novo empréstimo de US$ 275 milhões. A previsão atualizada indica números mais modestos em comparação ao plano anterior, com expectativas reduzidas para os próximos anos.

Projeções de receita líquida, Ebitda, investimentos e fluxo de caixa menores que o plano anterior

No novo plano de negócios apresentado pela Oi, a companhia reduziu suas projeções de resultados para os próximos anos, deixando os números de receita líquida, Ebitda, investimentos e fluxo de caixa abaixo do plano anterior, divulgado em 31/12. A atualização do plano ocorre no contexto do novo pedido de recuperação judicial da empresa e da renegociação das dívidas com credores.

Para a receita líquida consolidada, a previsão atualizada é de se chegar a R$ 10,954 bilhões em 2024, R$ 12,935 bilhões em 2026 e R$ 15,137 bilhões em 2031. No plano anterior, a estimativa era de se alcançar, respectivamente, R$ 11,808 bilhões, R$ 13,305 bilhões e R$ 16,058 bilhões.

Leia mais  Oi (OIBR3): Oi Fibra tem crescimento de 49% e inaugura serviço de internet por fibra ótica em Campinas

Quanto ao Ebitda consolidado, a projeção atualizada é de R$ 863 milhões para 2024, R$ 2,427 bilhões para 2026 e R$ 3,982 bilhões para 2031. A projeção anterior era de, respectivamente, R$ 1,291 bilhão, R$ 2,742 bilhões e R$ 4,266 bilhões.

Em relação aos investimentos (capex) consolidados, o plano atualizado indica R$ 794 milhões (2024), R$ 807 milhões (2026) e R$ 932 milhões (2031). Já o fluxo de caixa do novo plano apresenta R$ 70 milhões (2024), R$ 1,620 bilhão (2026) e R$ 3,383 bilhões (2031). A versão anterior apontava números mais robustos: R$ 276 milhões, R$ 1,805 bilhão e R$ 3,334 bilhões, respectivamente.

A atualização do plano de negócios da Oi ocorre em meio ao novo pedido de recuperação judicial da companhia e à renegociação das dívidas com credores, que inclui ainda a tomada de um novo empréstimo de US$ 275 milhões. A redução das projeções reflete as incertezas e desafios enfrentados pela empresa, que busca equilibrar sua situação financeira e retomar o crescimento nos próximos anos.

Leia mais  Oi (OIBR3) - Vale a pena investir nas ações da Oi? Descubra

A Oi tem como objetivo se reestruturar e fortalecer sua posição no mercado de telecomunicações, enfrentando a concorrência e buscando inovação para atender às demandas dos consumidores.

Nos siga no Google News

DICA: Siga o nosso canal do Telegram para receber rapidamente notícias que impactam o mercado.

Leia mais

Oi suspende novamente Assembleia de Credores

Márcia Alves

Assembleia Geral de Credores da Oi (OIBR3) é homologada

Mateus Sousa

A vitória das sardinhas: Oi dispara 30% nesta 4ªF

Leonardo Bruno

Novo CEO é esperança da Oi para fugir da falência

Leonardo Bruno

Mais uma “furada”: Oi segue no vermelho com prejuízo de R$ 2,8 bilhões no 3T23

Leonardo Bruno

Mais uma “enganação”? “Nova Oi” divulga nova estratégia de reestrutaração vendendo sucata

Leonardo Bruno

Deixe seu comentário