Guia do Investidor
AVIAO 2
Notícias

Phenom 300 é o avião brasileiro mais vendido no mundo

Nos siga no Google News

Continua após o anúncio

De acordo com uma associação internacional de aviação, o avião brasileiro Phenom 300 manteve sua posição como o jato leve mais vendido no mundo por incríveis 12 anos consecutivos, conforme revelado em um levantamento divulgado nesta quarta-feira (21). A Embraer, empresa brasileira sediada em São José dos Campos (SP), informou que, além de liderar as vendas globais de jatos leves por uma dúzia de anos consecutivos, o Phenom 300 também é o principal modelo de jato bimotor pelo quarto ano seguido. Esses dados foram coletados pela Associação Geral de Fabricantes de Aviação, conhecida pela sigla GAMA.

A GAMA apontou que, no ano passado, houve um total de 730 entregas de jatos executivos em todo o mundo, representando um aumento de 2,5% em comparação com 2022. A Embraer contribuiu significativamente para esse cenário, entregando 63 aeronaves da série Phenom 300 em 2023. Ao longo da última década, esse modelo acumulou mais de 730 entregas, sendo operado em 40 países.

Leia mais  CBDCs: Entenda um pouco mais sobre as moedas digitais

Além disso, a Embraer destacou que o Phenom 300 recentemente conquistou o título de jato executivo com mais voos nos Estados Unidos, totalizando mais de 360 mil voos em um período de 12 meses. O Phenom 300, lançado pela Embraer em 2009, tornou-se um verdadeiro sucesso de vendas para a empresa brasileira.

Nos últimos anos, o Phenom 300 passou por aprimoramentos, elevando o preço de tabela da aeronave de US$ 8,995 milhões para US$ 9,45 milhões. A aeronave atinge uma velocidade máxima de 847 quilômetros por hora e possui uma capacidade de alcance de 2.000 milhas náuticas (equivalente a 3.704 km).

A Embraer também destacou que o modelo é capaz de voar a 45 mil pés (13.716 metros), sendo equipado com dois motores ‘Pratt & Whitney Canada PW535E1’, cada um com 3.478 libras de empuxo, conforme os dados da Associação Geral de Fabricantes de Aviação.

Embraer (EMBR3) se torna grau de investimento

Embraer (EMBR3) recebeu uma importante atualização em seu rating de crédito pela S&P Global Ratings, que elevou sua classificação de “BB+” para “BBB-“ com perspectiva estável. Esta decisão reflete não apenas a performance financeira sólida da empresa, mas também sua capacidade de sustentar o crescimento no longo prazo.

Leia mais  Voo para resgatar mais brasileiros em Gaza decola na quinta

S&P destacou que a Embraer registrou uma forte geração de caixa ao longo de 2023, superando as expectativas de mercado. Isso foi impulsionado não apenas pelo aumento nas entregas de aeronaves, mas também pela implementação bem-sucedida de medidas de eficiência e redução de custos.

Sobre a Embraer

Fundada em 1969, a Embraer é uma empresa aeroespacial global com sede no Brasil. Atuando em diversos segmentos, incluindo Aviação Comercial, Aviação Executiva, Defesa & Segurança e Aviação Agrícola, a empresa se destaca como líder na fabricação de jatos comerciais de até 150 assentos e é a principal exportadora de bens de alto valor agregado do Brasil.

Com mais de 8 mil aeronaves entregues desde sua fundação, a Embraer mantém uma presença global, fornecendo aeronaves e serviços em diversas regiões do mundo. A empresa continua comprometida em oferecer inovação e excelência em todos os aspectos de suas operações, consolidando sua posição como uma das principais referências no setor aeroespacial.

Embraer garante entregas recorde para 2024

Embraer (EMBR3) está otimista em relação ao ano de 2024, projetando uma entrega recorde de aviões agrícolas Ipanema. Essa previsão otimista surge após um ano positivo em 2023, impulsionado pelo bom desempenho do agronegócio.

Leia mais  Petrobras reduz preço de gasolina em R$ 0,25 por litro

Desempenho Positivo em 2023

O ano passado foi marcado por um desempenho sólido no setor agrícola, refletindo-se nas entregas do Ipanema. A Embraer superou as expectativas ao entregar 65 unidades do modelo. Agora, a empresa projeta elevar ainda mais esse número, mirando a marca de 70 unidades para 2024. Essa meta representa um novo recorde, ultrapassando a marca anterior de 67 aviões alcançada em 2011.

Demanda Crescente e Recordes de Vendas

A demanda por aviões agrícolas Ipanema permanece robusta, impulsionando as encomendas para patamares recordes. No ano passado, as encomendas atingiram a marca recorde de 70 unidades, superando as 66 unidades registradas no ano anterior. Esse cenário reflete a confiança dos agricultores no desempenho e na eficiência desse modelo específico.

Nos siga no Google News

DICA: Siga o nosso canal do Telegram para receber rapidamente notícias que impactam o mercado.

Leia mais

Time For Fun lucro líquido de R$58,2 milhões

Márcia Alves

Projeto da LDO mantém meta de déficit zero para 2025

Agência Brasil

Projeto da LDO prevê crescimento de 2,8% para o próximo ano

Agência Brasil

Governo propõe salário mínimo de R$ 1.502 em 2025

Agência Brasil

Campo de Búzios atinge marca de 1 bilhão de barris de petróleo

Agência Brasil

Caixa libera abono do PIS/Pasep para nascidos em março e abril

Agência Brasil

Deixe seu comentário