Guia do Investidor
Imposto de renda 2024
Notícias

Receita abriu consulta ao lote residual de restituição do IR

Nos siga no Google News

Continua após o anúncio

O crédito bancário para 353.348 contribuintes será realizado no dia 30 de Abril, no valor total de R$ 457.737.780,06. 

Nesta terça-feira (23), a Receita Federal disponibilizou a consulta do lote residual de restituição do IRPF do mês de Abril de 2024.

De acordo com o Fisco, o crédito será realizado no dia 30 de Abril, no valor total de R$ 457,7 milhões. Ao todo, serão contemplados 353,3 mil contribuintes, e desse número, R$ 381,6 milhões são referentes aos contribuintes que têm prioridade, como idosos, pessoas com deficiência física, mental ou moléstia grave, declarantes que utilizaram a declaração pré-preenchida ou aqueles que optaram por receber a restituição via Pix.

Como saber se a restituição está disponível?

  • O contribuinte deve acessar a página da Receita na internet (www.gov.br/receitafederal),
  • Clicar em “Meu Imposto de Renda” e, em seguida, em “Consultar a Restituição”.
Leia mais  Lula abre assembleia geral da ONU em Nova York

A página apresenta orientações e os canais de prestação do serviço, permitindo uma consulta simplificada ou uma consulta completa da situação da declaração, por meio do extrato de processamento, acessado no e-CAC. Se identificar alguma pendência na declaração, o contribuinte pode retificar a declaração, corrigindo as informações que porventura estejam equivocadas.

Como o pagamento será realizado?

O pagamento da restituição será realizado na conta bancária informada na Declaração de Imposto de Renda, de forma direta ou por indicação de chave PIX. Se, por algum motivo, o crédito não for realizado (por exemplo, a conta informada foi desativada), os valores ficarão disponíveis para resgate por até 01 ano no Banco do Brasil.  

Receita recebe 2,2 milhões de declarações do Imposto de Renda

Parte dos contribuintes aproveitou o fim de semana para acertar as contas com o Leão. Até as 16h deste domingo (17), a Receita Federal recebeu 2,24 milhões de declarações. Isso equivale a 5,23% das 43 milhões esperadas para este ano.

O prazo de entrega da declaração começou às 8h de sexta-feira (15) e vai até as 23h59min59s de 31 de maio. O novo intervalo, segundo a Receita, foi necessário para que todos os contribuintes tenham acesso à declaração pré-preenchida, que é enviada duas semanas após a entrega dos informes de rendimentos pelos empregadores, pelos planos de saúde e pelas instituições financeiras.

Leia mais  Produção industrial sobe 0,6% na passagem de junho para julho

Segundo a Receita Federal, 88% das declarações entregues até agora terão direito a receber restituição, enquanto 6,7% terão que pagar Imposto de Renda e 5,3% não têm imposto a pagar nem a receber. A maioria dos documentos foi preenchida a partir do programa de computador (72,8%), mas 16,6% dos contribuintes recorrem ao preenchimento online, que deixa o rascunho da declaração salvo nos computadores do Fisco (nuvem da Receita), e 10,7% declaram pelo aplicativo Meu Imposto de Renda.


Nos siga no Google News

DICA: Siga o nosso canal do Telegram para receber rapidamente notícias que impactam o mercado.

Leia mais  Balança comercial tem maior superávit para janeiro desde 2006

Leia mais

Começa consulta a segundo lote de restituição do IR 2024

Agência Brasil

Intenção de consumo das famílias cresce pelo terceiro mês

Agência Brasil

Caixa paga Bolsa Família a beneficiários com NIS de final 5

Agência Brasil

Segunda emissão de títulos verdes rende US$ 2 bi

Agência Brasil

País tinha 9,4 milhões de empresas em 2022

Agência Brasil

Caixa paga Bolsa Família a beneficiários com NIS de final 4

Agência Brasil

Deixe seu comentário