Guia do Investidor
Sam Bankman-Fried SBF
Bitcoin / Criptomoedas Notícias

SBF, ex-CEO da FTX, afirma que exchange possuía US$ 8 bi quando ele saiu da empresa

Nos siga no Google News

Continua após o anúncio

Recentemente, o ex-CEO da FTX, Sam Bankman-Fried, publicou uma postagem no Substack afirmando que havia um caminho para que os clientes das empresas sob o guarda-chuva da FTX fossem recuperadas após a falência.

De acordo com Bankman-Fried, a FTX US estava “totalmente solvente” no momento em que entrou com o pedido, possuindo cerca de US$ 350 milhões em dinheiro.

Além disso, ele mencionou que a FTX International possuía cerca de US$ 8 bilhões em ativos na época em que John Ray assumiu como CEO e que prometeu usar “quase todos” seus ativos pessoais para reembolsar os usuários.

A empresa se comprometeu a trabalhar com as autoridades regulatórias e os credores para garantir que os clientes possam ser recuperados o máximo possível.

Em relação às alegações de que Bankman-Fried teve acesso aos fundos dos usuários da FTX sem seu conhecimento ou consentimento, ele negou qualquer envolvimento, dizendo:

“Eu não roubei fundos e certamente não guardei bilhões. Quase todos os meus ativos foram e ainda são utilizáveis para apoiar os clientes da FTX.”

Nos siga no Google News

DICA: Siga o nosso canal do Telegram para receber rapidamente notícias que impactam o mercado.

Leia mais

Bitcoin e Ethereum recuam após condenação de fundador da FTX

Miguel Gonçalves

SBF é acusado de manipular preço do Bitcoin, afirma ex-CEO da Alameda

Fernando Américo

Julgamento cofundador da FTX, inicia com alegações de fraude e conspiração

Fernando Américo

Juiz permite saídas temporárias de Sam Bankman-Fried da FTX para preparação de defesa

Fernando Américo

FTX abre portal de resgate e token FTT dispara

Fernando Américo

FTX pode voltar? Corretora suspende vendas de ativos ligados a IA e token próprio dispara 40%

Fernando Américo

Deixe seu comentário