Guia do Investidor
SUZANO gdi
Notícias

Suzano (SUZB3) capta R$ 2 bilhões em emissão de debêntures para investimento em energia

Nos siga no Google News

Continua após o anúncio

A Suzano (SUZB3), uma das principais empresas do setor de papel e celulose do Brasil, anunciou uma captação significativa de recursos por meio da 10ª emissão de debêntures simples, não conversíveis em ações, da espécie quirografária, em série única. O montante captado atingiu expressivos R$ 2 bilhões, marcando mais um passo estratégico da empresa em seu plano de investimento.

Os recursos líquidos obtidos pela Suzano com essa emissão de debêntures serão direcionados integralmente para investimentos relacionados à geração de energia no âmbito do Projeto Cerrado. Essa decisão reflete o compromisso da empresa em expandir sua atuação para além do setor tradicional de papel e celulose, buscando oportunidades de crescimento sustentável em outras áreas, como a geração de energia.

O Projeto Cerrado representa uma importante iniciativa da Suzano para explorar o potencial de geração de energia a partir de fontes renováveis e sustentáveis. O Cerrado brasileiro oferece condições favoráveis para a produção de energia limpa, como a solar e a eólica, o que se alinha com as tendências globais de transição para fontes de energia mais limpas e ambientalmente responsáveis.

A captação de R$ 2 bilhões por meio das debêntures permitirá à Suzano financiar seus investimentos no Projeto Cerrado, contribuindo para o avanço dessa iniciativa estratégica. Além disso, esse movimento demonstra a confiança dos investidores no potencial de crescimento e na capacidade de execução da empresa.

As debêntures quirografárias são títulos de dívida que conferem aos seus detentores o direito de receber os valores investidos, acrescidos de juros, sem que haja a necessidade de conversão em ações da empresa. Esse tipo de instrumento é uma forma eficaz de captação de recursos no mercado de capitais, permitindo que empresas obtenham financiamento para projetos específicos sem diluir a participação acionária existente.

A decisão da Suzano de buscar financiamento por meio das debêntures também reflete as condições favoráveis do mercado de capitais brasileiro, que tem se mostrado receptivo a empresas que buscam recursos para investimentos em projetos estratégicos.

Carteira para Setembro

Investir no mercado financeiro é uma atividade que exige análise criteriosa, acompanhamento constante e uma estratégia bem definida. Uma das abordagens utilizadas por investidores é a montagem de uma carteira de ativos diversificada, que visa otimizar os ganhos e minimizar os riscos. Nesse contexto, a Carteira Mensal de Investimentos surge como uma ferramenta que oferece recomendações de ativos selecionados por analistas experientes. Um exemplo dessa abordagem é a “Carteira Santander Valor,” elaborada pela Santander Corretora, que reflete as principais recomendações dos analistas da instituição.

Leia mais  Suzano (SUZB3) conclui aquisição de US$ 800 milhões em financiamento para o Projeto Cerrado

A Carteira Mensal de Investimentos é uma estratégia que envolve a seleção de um conjunto de ativos financeiros, como ações de empresas, com base em análises técnicas e fundamentais. Ela é atualizada regularmente, geralmente no início de cada mês, com o objetivo de proporcionar aos investidores recomendações alinhadas com as perspectivas econômicas e os movimentos do mercado.

Através da carteira, os investidores têm acesso a sugestões de alocação de recursos em diferentes ativos, proporcionando diversificação e uma exposição equilibrada a diferentes setores e segmentos da economia. Além disso, as carteiras mensais costumam incluir informações sobre o desempenho histórico dos ativos, estimativas para os próximos meses e eventuais trocas de ativos.

Carteira Santander Valor:

Um exemplo de Carteira Mensal de Investimentos é a “Carteira Santander Valor,” divulgada pela Santander Corretora. Essa carteira reflete as cinco principais recomendações dos analistas da instituição em determinado mês, com o objetivo de superar o índice Ibovespa a longo prazo. Ela busca maximizar o ganho de capital através de uma análise fundamentalista criteriosa.

Leia mais  Suzano (SUZB3) divulga laudo de incorporação de companhias controladas

A “Carteira Santander Valor” é composta por ativos de empresas selecionadas, representativas de diferentes setores da economia. Ela conta com o serviço de Rebalanceamento Mensal da Santander Corretora, que ajusta automaticamente a composição da carteira, sem que o investidor precise realizar as transações de compra e venda por conta própria.

Recomendações e Desempenho

A carteira é composta por empresas que os analistas da Santander Corretora consideram com boas perspectivas futuras e sólido histórico de entrega de resultados. No mês de agosto, por exemplo, a carteira inclui recomendações para empresas como BTG Pactual, Multiplan, Petrobras, Rumo e Vivara.

A recomendação inclui informações sobre a empresa, setor, código da ação, percentual recomendado na carteira, preço atual e preço-alvo para um período futuro. Além disso, a carteira também oferece estimativas de Dividend Yield, que é a proporção entre os dividendos pagos pela empresa e o preço da ação.

Desempenho Histórico:

O desempenho da “Carteira Santander Valor” é acompanhado e divulgado regularmente. Ela apresenta uma série de estatísticas que mostram a rentabilidade da carteira em diferentes períodos em comparação com o desempenho do índice Ibovespa. Por exemplo, no período de agosto de 2023, a carteira teve uma rentabilidade de -3,15%, enquanto o Ibovespa teve um desempenho de -5,09%.

Acompanhando o histórico, é possível verificar como a carteira se comportou ao longo do tempo e como suas recomendações têm se saído em relação ao benchmark de mercado.

Tabela de Recomendações da “Carteira Santander Valor”:

EmpresaSetorCódigoPercentual RecomendadoPreço AtualPreço-Alvo 2024Dividend Yield Estimado 2024
BTG PactualInstituições FinanceirasBPAC1120%R$ 32,28R$ 42,003,21%
MultiplanShopping CentersMULT320%R$ 25,06R$ 33,00*3,74%
PetrobrasÓleo & GásPETR320%R$ 35,16R$ 52,0011,54%
RumoTransportesRAIL320%R$ 22,42R$ 32,000,76%
VivaraVarejoVIVA320%R$ 27,89R$ 40,001,83%

A “Carteira Santander Valor” exemplifica a abordagem de investimento por meio de Carteiras Mensais. Ela oferece recomendações diversificadas de empresas, respaldadas pela análise dos analistas da Santander Corretora. Essa estratégia busca superar o desempenho do Ibovespa e proporcionar aos investidores uma maneira mais orientada de alocar seus recursos no mercado de ações. No entanto, é importante lembrar que toda forma de investimento envolve riscos, e as decisões devem ser tomadas com base no perfil e nos objetivos de cada investidor, considerando também a consulta a profissionais especializados.

Leia mais  Suzano (SUZB3) sai do vermelho e lucra R$ 5,45 bi no resultado 3T22

Confira as melhores recomendações

Está em busca de oportunidades de investimento? Aqui no Guia do Investidor, nós oferecemos uma ampla seleção de análises, recomendações e indicações de preços-alvo para as principais ações e ativos da bolsa de valores brasileira. Nossa equipe de especialistas está sempre atenta ao mercado, identificando as melhores opções para você ampliar e diversificar sua carteira.

Entendemos que cada investidor tem suas próprias metas e tolerância ao risco. Por isso, oferecemos uma variedade de recomendações que se adequam a diferentes perfis e objetivos. Seja você um investidor conservador, moderado ou agressivo, encontrará em nosso site análises detalhadas e recomendações fundamentadas para auxiliar em suas decisões de investimento.

Além disso, sabemos que o mercado financeiro é dinâmico e as oportunidades podem surgir a qualquer momento. Por isso, atualizamos constantemente nossas recomendações para que você possa aproveitar as melhores oportunidades assim que elas aparecem.

Para conferir as últimas análises e recomendações do mercado, basta clicar aqui.

Nos siga no Google News

DICA: Siga o nosso canal do Telegram para receber rapidamente notícias que impactam o mercado.

Leia mais

Suzano (SUZB3) anuncia novo CEO

Mateus Sousa

Preço da celulose pode disparar, diz CEO da Suzano

Lara Donnola

Suzano investe 1,8 bilhão em compra de terras do BTG

Leonardo Bruno

Klabin ou Suzano? Descubra qual deve disparar em 2024

Leonardo Bruno

Suzano aumenta preços da celulose para China, Europa e EUA

Miguel Gonçalves

Receita líquida da Suzano desaba 37% no resultado 3T22

Leonardo Bruno

Deixe seu comentário