Guia do Investidor
fachadasuzanotreslagoas
Notícias

Suzano (SUZB3) aprova novo programa de recompra de ações

Nos siga no Google News

Continua após o anúncio

A Suzano (SUZB3) realizou importante anuncio junto ao mercado e aos seus acionistas. Isto é, a companhia oficializou o seu Programa de Recompra de ações.

Desse modo, esse programa objetiva “maximizar a geração de valor para os acionistas. Isto é, por permitir que a companhia faça alocação de capital eficiente considerando o potencial de rentabilidade de suas ações.”

Nesse sentido, a Suzano poderá adquirir até 20 milhões de SUZB3, sem redução de capital social, pelo prazo máximo de 18 meses. Dessa maneira, esse limite de compra representa 2,8% das ações em circulação.

Assim, a empresa informa que, com base na posição acionária de 31 de março de 2022, detém 726.823.001 ações ordinárias, e já mantém em tesouraria 11.911.569 ações, representativas de, aproximadamente, 1,6% do total.

Suzano (SUZB3) aumentará preços da celulose em até US$ 100 a partir de abril, diz fonte

Na última segunda-feira, dia 21 de março, a Suzano (SUZB3) oficializou um importante comunicado ao mercado e aos seus acionistas. Isto é, a companhia está comunicando clientes sobre aumentos de preços da celulose a partir de abril.

Diante disso, o preço da tonelada de celulose vendida aos clientes na Ásia vai subir em 100 dólares a partir de abril. Nesse sentido, para América do Norte e Europa, o reajuste será de 50 dólares.

Já a celulose tipo “fluff” terá elevação no preço em 100 dólares em todos os mercados também a partir do início do próximo mês.

Logo, a empresa confirmou essas informações sobre o reajuste quando procurada.

Nos siga no Google News

DICA: Siga o nosso canal do Telegram para receber rapidamente notícias que impactam o mercado.

Leia mais

Preço da celulose pode disparar, diz CEO da Suzano

Lara Donnola

Suzano investe 1,8 bilhão em compra de terras do BTG

Leonardo Bruno

Klabin ou Suzano? Descubra qual deve disparar em 2024

Leonardo Bruno

Suzano aumenta preços da celulose para China, Europa e EUA

Miguel Gonçalves

Receita líquida da Suzano desaba 37% no resultado 3T22

Leonardo Bruno

Suzano se destaca, varejistas têm perdas

Guia do Investidor

Deixe seu comentário