Guia do Investidor
imagem padrao gdi
Notícias

Tesla (TSLA34) é processada por ex-funcionários por ‘demissão em massa’

Nos siga no Google News

Continua após o anúncio

Ex-funcionários da Tesla (TSLA34) entraram com uma ação contra a empresa de carros elétricos dos EUA.

Ou seja, alegando que sua decisão de realizar uma “demissão em massa” violou a lei federal. Isto é, já que a empresa não forneceu aviso prévio sobre os cortes de empregos.

Nesse sentido, o processo foi aberto no final de domingo no Texas por dois trabalhadores que disseram ter sido demitidos da fábrica da Tesla em Sparks, Nevada, em junho.

De acordo com o processo, mais de 500 funcionários foram demitidos na fábrica de Nevada.

Assim, os trabalhadores alegam que a empresa não cumpriu as leis federais sobre demissões em massa, isto é, que exigem um período de notificação de 60 dias sob a Lei de Notificação de Ajuste e Reciclagem do Trabalhador, de acordo com o processo.

Desse modo, eles estão buscando o status de ação coletiva para todos os ex-funcionários da Tesla nos Estados Unidos que foram demitidos em maio ou junho sem aviso prévio.

Leia mais  Como comprar um Tesla no Brasil utilizando Criptomoedas
Nos siga no Google News

DICA: Siga o nosso canal do Telegram para receber rapidamente notícias que impactam o mercado.

Leia mais

Tesla (TSLA34) registra primeira queda em vendas desde 2020

Paola Rocha Schwartz

Apple desiste da produção de carros elétricos

Mateus Sousa

Nvidia supera Tesla como ação mais negociada com avanço na IA

Guia do Investidor

Em guerra com BYD, Tesla anuncia carro elétrico “barato”

Lara Donnola

Prova de fogo: Tesla e Apple procuram “rendenção” na China

Leonardo Bruno

O tempo está nublado para a Tesla: entenda porque as ações caem

Leonardo Bruno

Deixe seu comentário