Guia do Investidor
TIM Fachada
Notícias

Tim (TIMS3) anuncia pagamento de R$ 655 milhões em JCP

Nos siga no Google News

Continua após o anúncio

A Tim (TIMS3) divulgou na quarta-feira (7) a aprovação do pagamento expressivo de R$ 655 milhões em juros sobre capital próprio (JCP). Essa decisão, que impacta diretamente os acionistas, reflete o compromisso da empresa em recompensar seus investidores.

Detalhes financeiros: R$ 0,270594175 por ação

O montante anunciado pela Tim representa R$ 0,270594175 por ação, com a ressalva de que 15% de imposto de renda serão retidos. Essa informação é crucial para os acionistas avaliarem o retorno líquido em seus investimentos.

Os acionistas que desejam garantir o direito de receber os proventos devem manter posição nos papéis da Tim até 21 de dezembro de 2023. Então após essa data, as ações serão vistas como “ex-direito de distribuição de JCP”, indicando que aqueles que adquirirem as ações não serão elegíveis para os benefícios.

Prazo de Pagamento: até 23 de Janeiro do ano seguinte

A Tim estabeleceu o prazo para o pagamento dos JCP até o dia 23 de janeiro do ano seguinte. Essa é uma informação crucial para os acionistas planejarem suas finanças e expectativas de recebimento.

Para os acionistas com ações custodiadas na CBLC (Companhia Brasileira de Liquidação e Custódia), os JCP serão pagos através da B3, que, por sua vez, repassará os proventos aos acionistas por intermédio dos agentes de custódia. Afinal, essa logística assegura um processo eficiente e transparente para os investidores.

Para os demais acionistas, o valor dos JCP irá para a conta corrente indicada junto ao Bradesco. Esse método oferece praticidade aos investidores, simplificando o recebimento dos proventos.

Valorização dos acionistas e transparência nos procedimentos

Dessa forma, o anúncio da Tim de distribuir R$ 655 milhões em JCP destaca não apenas a saúde financeira da empresa, mas também seu comprometimento em valorizar seus acionistas. A decisão de recompensar os investidores com proventos significativos fortalece a confiança na empresa e pode atrair novos interessados.

Além disso, a transparência nos procedimentos de pagamento, incluindo informações claras sobre a retenção de imposto de renda e os métodos de distribuição, contribui para a confiança dos acionistas. Portanto, a Tim demonstra uma abordagem clara e direta, proporcionando aos investidores as informações necessárias para tomar decisões informadas.

Em resumo, o anúncio dos JCP pela Tim não apenas representa um benefício financeiro para os acionistas, mas também destaca a importância da comunicação transparente e eficiente nas relações empresa-investidor.

XP estima queda de 0,2% no PIB brasileiro no 3º trimestre de 2023

XP Investimentos estima que o Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro encerrará o terceiro trimestre de 2023 com uma queda de 0,2% em relação ao trimestre anterior. Essa projeção, se confirmada, representará uma reversão preocupante após uma série de oito aumentos consecutivos, indicando um enfraquecimento significativo da economia.

Enfraquecimento econômico: um tendência nos últimos Meses

A XP destaca que a economia brasileira enfrentou um enfraquecimento nos últimos meses, sinalizando uma mudança de direção em relação ao cenário anterior de crescimento constante. Esse declínio, segundo a instituição financeira, é notório e aponta para desafios econômicos que merecem atenção.

A previsão de queda no PIB no terceiro trimestre encerraria uma sequência impressionante de oito aumentos consecutivos, sublinhando a magnitude da reversão econômica. Esse revés lança luz sobre fatores que contribuíram para a atual conjuntura, exigindo uma análise aprofundada dos motivos por trás desse declínio.

Resultados oficiais em 5 de dezembro: a espera pela confirmação dos números

Os números oficiais que confirmarão a estimativa da XP Investimentos estão programados para serem divulgados no dia 5 de dezembro. Esse anúncio será crucial para validar ou refutar as projeções, oferecendo uma visão mais precisa do estado atual da economia brasileira.

A XP identifica a dissipação do choque positivo na agricultura como um dos fatores-chave que contribuíram para o agravamento do PIB. Assim, o setor agrícola, que experimentou um impulso favorável em períodos anteriores, agora não está mais exercendo a mesma influência positiva, influenciando negativamente o desempenho econômico geral.

Arrefecimento da procura interna: outro elemento explicativo para a queda do PIB

Além disso, a XP aponta o arrefecimento da procura interna como um componente significativo na explicação da queda projetada no PIB. A desaceleração da atividade econômica no mercado interno contribui para o cenário de enfraquecimento, evidenciando a complexidade dos desafios enfrentados.

O cenário de queda no PIB sinaliza a presença de desafios econômicos que merecem uma análise mais aprofundada. Então, o ambiente global, as políticas internas e outros fatores podem estar contribuindo para esse declínio, destacando a importância de uma avaliação abrangente para orientar futuras estratégias econômicas.

Perspectivas para o próximo trimestre: busca por recuperação e estabilidade

Portanto, à medida que o país se prepara para o próximo trimestre, as perspectivas se tornam cruciais. Assim, a busca por recuperação econômica e estabilidade se torna uma prioridade, exigindo a implementação de medidas eficazes para reverter a tendência de queda e promover um ambiente propício ao crescimento sustentável.

Dessa forma, o enfraquecimento econômico registrado pela XP Investimentos no terceiro trimestre destaca a necessidade urgente de respostas estratégicas. A análise dos fatores que contribuíram para essa reversão é crucial para informar políticas e ações que visem restaurar a dinâmica positiva da economia brasileira. Afinal, a espera pelos resultados oficiais em dezembro adiciona uma camada de expectativa, enquanto o país enfrenta os desafios econômicos do momento.

Nos siga no Google News

DICA: Siga o nosso canal do Telegram para receber rapidamente notícias que impactam o mercado.

Leia mais

B3 anuncia pagamento de meio bilhão de reais em dividendos e JCP

Miguel Gonçalves

Como a mudança do JCP afeta seu bolso?

Leonardo Bruno

Lucro sem fronteiras: Tim (TIMS3) dobra lucro e chega a R$ 638 milhões no 2T23

Leonardo Bruno

TIM aprova emissão de debêntures para investidores profissionais no valor de R$ 4,250 bilhões

Leonardo Bruno

TIM aprova distribuição de Juros Sobre Capital Próprio (JCP) no valor de R$ 230 milhões

Leonardo Bruno

Avanço no EBITDA, mas queda no Lucro: confira o que foi o 4T22 da Tim (TIMS3)

Leonardo Bruno

Deixe seu comentário