Guia do Investidor
tupy GDI
Notícias

Tupy registra lucro líquido de R$ 112 milhões no 1T24

Nos siga no Google News

Continua após o anúncio

O resultado reflete um ambiente operacional desafiador, caracterizado por um volume de vendas reduzido e condições desfavoráveis de câmbio.

Na terça-feira (14), a Tupy, multinacional que desenvolve e produz componentes estruturais em ferro fundido de alta complexidade geométrica e metalúrgica, anunciou que obteve um lucro líquido de R$ 112 milhões no 1T24, uma diminuição de 23,1% em relação ao mesmo período do ano anterior.

A receita líquida totalizou R$ 2,6 bilhões, representando uma queda de 7% comparada ao 1T23. Esta diminuição nas receitas reflete principalmente a apreciação de 5% do Real contra o Dólar, que impactou as receitas em moeda estrangeira, responsáveis por 64% do total do faturamento da companhia, e a queda dos volumes físicos de venda.

Leia mais  Receita da Tupy (TUPY3) cresce 155% no resultado do 2T21

O Ebitda da empresa apresentou R$ 308 milhões no 1T24, uma rápida redução de 2% em relação ao 1T23. Já a margem Ebitda melhorou, passando de 11,2% para 11,9%.

De acordo com a Tupy, há uma forte geração de caixa operacional no período, atingindo R$ 121 milhões, o maior valor para um primeiro trimestre na história da companhia. Este resultado é atribuído a uma gestão eficaz do capital de giro e otimização de ativos.

Em comunicado, a administração da Tupy destacou o cenário econômico ainda desafiador, mas disse que ainda “se mantém focada na geração de caixa e na eficiência operacional para enfrentar as adversidades do mercado”. A empresa continua avançando na execução de sua agenda estratégica, visando a diversificação e eficiência, com a expectativa de melhoria nos resultados nos próximos trimestres.

Tupy realiza Mudanças no Conselho de Administração com Indicações Polêmicas

A Tupy (TUPY3) divulgou um fato relevante, Informando mudanças em seu Conselho de Administração, o que gerou repercussão tanto no mercado quanto nas redes sociais. A companhia comunicou a renúncia de dois membros do Conselho e a entrada de novos nomes em seus lugares.

Leia mais  Tupy (TUPY3) sofre no 4T22 e apresenta queda de 7,8% no lucro do período

A indicação dos novos membros do Conselho de Administração trouxe atenção especial, uma vez que são personalidades com relevância em diferentes setores. Os escolhidos foram Anielle Franco, atual ministra da Igualdade Racial, e Carlos Roberto Lupi, ex-ministro da Previdência Social durante o governo de Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Eles assumirão as posições anteriormente ocupadas por Carla Gaspar Primavera e Fabio Rego Ribeiro.

Chamou a atenção o fato de que a indicação dos novos membros veio de um dos acionistas da Tupy, a BNDES Participações S.A. (Bndespar), detentora de 28,2% das ações da empresa. A estrutura acionária da Tupy é composta também pela Previ (24,8%), Trígono Capital (10,0%) e demais acionistas com participações superiores a 5%, totalizando 36,9% das ações.

A Tupy destacou que a eleição dos novos membros do Conselho seguiu critérios rigorosos, incluindo a aderência dos candidatos à Política de Indicação de Membros do Conselho de Administração, bem como a conformidade com as regras do Novo Mercado e do Estatuto Social da companhia.

Leia mais  Vale reporta lucro líquido de US$ 1,6 bi no 1T24

Nos siga no Google News

DICA: Siga o nosso canal do Telegram para receber rapidamente notícias que impactam o mercado.

Leia mais

XP registra alta de 29% em seu lucro líquido no 1T24

Márcia Alves

Marfrig (MRFG3) anuncia lucro líquido de R$ 63 milhões no 1T24

Paola Rocha Schwartz

Impacto da demissão de Prates na Bolsa e mais: Confira o resumo do dia

Rodrigo Mahbub Santana

Eneva registra prejuízo de R$ 60,9 mi no 1T24

Márcia Alves

Receita bruta da Positivo Tecnologia cresce 38% no 1T24

Márcia Alves

Ações da Natura despencam após resultado do 1T24

Márcia Alves

Deixe seu comentário