Guia do Investidor
287414 afinal o que e o conselho de administracao em empresas 768x513 1
Notícias

A diferença entre CEO, fundador e time fundador em uma startup

Nos siga no Google News

Continua após o anúncio

Especialista em RH e mentora de startups afirma que siglas e posições presentes neste universo muitas vezes confundem e explica o significado delas.

O universo das startups normalmente tem um vocabulário muito peculiar. São expressões que podem confundir, assim como as posições que as pessoas costumam ocupar nas empresas. Apesar de parecerem a mesma coisa, as funções CEO, fundador e time fundador têm suas diferenças na prática e vale a pena entender.

Segundo Karen Cartagena, especialista em recursos humanos, mentora de startups e fundadora da Decoding Potentials, um hub de soluções para a gestão de pessoas, é natural que quem não está dentro de um ecossistema de startups muitas vezes não entenda alguns termos.

“Mas é preciso buscar conhecimento, já que, cada vez mais, as soluções trazidas pelas pelas startups fazem parte do dia a dia de toda a população. Elas estão nos mais variados segmentos, desde aquelas para encontrar profissionais que atendam às suas necessidades em casa  ou permitam pagar as contas digitalmente”, explica. 

De acordo com a mentora, a sigla CEO (Chief Executive Officer) se refere ao profissional responsável por organizar e articular todos os funcionários e departamentos, estando ativo no planejamento estratégico da empresa. “Como esse profissional está à frente da companhia e sabe dos seus pontos fracos e fortes, ele acaba sendo incumbido de apresentar soluções novas para a empresa e pensar no futuro da mesma”, diz Karen.

A especialista afirma que uma das principais características de um CEO é ser carismático e ter bons relacionamentos estratégicos, uma vez que costuma ser o porta-voz da organização.

“Normalmente é ele que se relaciona com a imprensa e fecha negociações com outros gestores. Além disso, por ter uma função tão estratégica no negócio, é comum que o fundador e os seus sócios queiram um profissional experiente e que já saiba gerir a empresa com eficácia e inteligência”, avalia.

Já o fundador, segundo Karen, é a pessoa que analisou o mercado e encontrou nas suas problemáticas uma oportunidade de empreender por meio de uma ideia inovadora. “Por ter idealizado a startup, ele costuma ser o dono do projeto e o executor da ideia. Uma vez que esse indivíduo conhece o projeto a fundo, no começo do negócio ele o apresenta para outras pessoas. Mas, cabe ressaltar que não necessariamente essa pessoa irá viver ativamente nas startups, pois pode ter outros negócios e deixar a cargo do CEO essa função”, ressalta.

Leia mais  "CEO" não deve ser usado como título para proprietário de pequenas empresas, diz especialista

Finalmente, o time fundador da startup pode ser descrito como um grupo de pessoas que colocam a boa ideia do fundador e as coordenadas do CEO em prática.

“Nem sempre uma startup tem muito dinheiro para investir em grandes equipes, então é comum que o time fundador tenha pessoas com características complementares. Muitas vezes, um integrante do time fundador acaba se destacando tanto que entra em negociação com o fundador e o CEO para se tornar um sócio também”, finaliza. 


Nos siga no Google News

DICA: Siga o nosso canal do Telegram para receber rapidamente notícias que impactam o mercado.

Leia mais  Alupar (ALUP11) obtém autorização para operação comercial de parque eólico no Rio Grande do Norte

Leia mais

Moody’s revisa Rating da Jalles Machado: Destaques e Desafios

Rodrigo Mahbub Santana

Irani realiza o terceiro Programa de Recompra de Ações

Fernando Américo

China é acusada de fraudar biocombustíveis

Rodrigo Mahbub Santana

A Vale faz anúncio sobre o processo de sucessão de novo CEO

Márcia Alves

Pedidos de Recuperação Judicial disparam 94,7% em Março

Márcia Alves

Meta: números batem estimativas, mas mercado não gostou

Autor Convidado

Deixe seu comentário