Guia do Investidor
imagem padrao gdi
Notícias

B3 anuncia sétima emissão de debêntures

Nos siga no Google News

Continua após o anúncio

O Conselho de Administração da B3 (B3SA3) aprovou a realização da sétima emissão de debêntures simples, não conversíveis em ações, da espécie quirografária, para distribuição pública com esforços restritos de colocação. O montante total a ser emitido será de R$ 2,55 bilhões.

As debêntures terão um prazo de vencimento de 5 anos, com amortizações programadas em duas parcelas iguais, com vencimentos previstos para outubro de 2027 e outubro de 2028. Esse movimento representa uma estratégia de captação de recursos a médio prazo para a B3.

Além disso, a B3 informou que revisou sua projeção de nível de endividamento, medido pela relação entre a Dívida Bruta e o Ebitda recorrente dos últimos 12 meses, para o ano de 2023. A estimativa foi ajustada de 1,9 vez para 2,3 vezes. Essa revisão pode indicar que a B3 está planejando uma expansão mais significativa em suas operações ou projetos futuros que requerem investimento.

A decisão de emitir debêntures representa uma estratégia de financiamento para a B3, permitindo que a empresa obtenha recursos para financiar suas operações e projetos de investimento. A escolha de prazos e condições específicas reflete a gestão financeira da empresa e suas expectativas de necessidades de capital no futuro.

A B3 é uma das principais bolsas de valores e sistemas de negociação do Brasil, desempenhando um papel fundamental no mercado financeiro do país. A captação de recursos por meio da emissão de debêntures é uma prática comum para empresas que buscam recursos para expandir suas operações, financiar projetos ou otimizar sua estrutura de capital. A aprovação dessa sétima emissão demonstra a confiança dos investidores na empresa e sua capacidade de gerenciar suas finanças de forma eficaz.

Leia mais  B3 lança primeiro índice derivado do Ibovespa B3 para acompanhar empresas que mais pagam dividendos

Fitch atribui rating nacional de longo prazo AAA(bra) à proposta de sétima emissão de debêntures da B3 (#B3SA3), anunciada ontem. No que diz respeito ao endividamento, agência de classificação de risco avalia que, embora ele venha aumentando desde 2021, devido à estratégia de aquisições – que demandou novas emissões de dívida – a alavancagem permanece moderada

Imagine-se navegando em alto mar sem uma bússola. Cada onda representa uma decisão financeira, e sem orientação, é fácil se perder nas correntezas do mercado. É aí que entra a consultoria financeira. Como um farol na escuridão, ela oferece direção clara e segura para alcançar suas metas.

É por isso que o Guia do Investidor orgulhosamente lançou o GDI Finance, com a missão de ser o mapa para o seu sucesso financeiro, mas também para navegar junto ao seu lado. Com anos de experiência, nossos consultores são como capitães experientes, guiando-o pelas águas turbulentas da economia.

Desde a navegação para a aposentadoria tranquila até a jornada para aquisição de bens, o GDI Finance foi criado para simplificar sua trajetória. Com estratégias personalizadas e insights precisos, transformamos desafios em oportunidades e sonhos em realidade.

É hora de aprender a navegar tranquilo por águas turbulentas, alcançaremos horizontes que você nunca imaginou possíveis. Conheça a nossa consultoria financeira hoje mesmo.

Carteira para Outubro

A Ágora Investimentos, em sua busca por otimizar o desempenho de sua carteira recomendada, promoveu uma única alteração para o mês de outubro. Nessa revisão, a empresa optou por substituir as ações da Rede D’or (RDOR3) pelas ações da Sabesp (SBSP3).

Leia mais  Investir em poupança em 2020 é perder dinheiro

A principal motivação por trás dessa mudança é a redução da volatilidade da carteira, como indicado pela queda no Beta, uma medida de risco, de 1,46 para 1,26. A substituição de ativos na carteira pode ser uma estratégia para ajustar o perfil de risco e retorno, de acordo com as condições de mercado e as perspectivas econômicas.

O desempenho da carteira da Ágora no mês de setembro até o dia 27 apresentou um resultado negativo de 3,2%, em comparação com a queda de 1,2% do Ibovespa, seu índice de referência. No acumulado de 2023, a carteira registra uma queda de 10,4%, enquanto o IBOV avança 4,2%.

A carteira top 10 da Ágora se destaca por sua diversificação, composta por 10 ativos de diferentes setores. Essa abordagem visa a redução do risco associado à concentração em um único setor ou empresa. A composição da carteira para outubro é a seguinte:

EmpresaTicker
ItaúsaITSA3
PRIOPRIO3
EcoRodoviasECOR3
ValeVALE3
JBSJBSS3
EletrobrasELET6
SabespSBSP3
CopelCPLE6
CarrefourCRFB3
NaturaNTCO3

A revisão da carteira recomendada é uma prática comum entre as instituições financeiras, à medida que as condições de mercado e as perspectivas econômicas evoluem. Os investidores que acompanham as recomendações da Ágora podem considerar essas alterações ao tomar decisões de investimento e gerenciar seu portfólio.

Você quer começar a investir na bolsa de valores?

Você possui o desejo de começar sua carreira como investidor? Apesar de parecer complicado, se tornar um “frequentador” da bolsa de valores é mais fácil do que você imagina!

Leia mais  Para financiar reestruturação, Energisa anuncia emissão de debêntures avaliadas em R$ 1,8 bilhão

Aqui no Guia do Investidor, nós oferecemos uma ampla seleção de análises, recomendações e indicações de preços-alvo para as principais ações e ativos da bolsa de valores brasileira para você começar a entender todos os caminhos que separam você dos grandes lucros! Nossa equipe de especialistas está sempre atenta ao mercado, identificando as melhores opções e recomendações para você ampliar e diversificar sua carteira.

Se você não sabe por onde começar, pode seguir as 5 dicas que selecionamos para você dar seus primeiros passos na bolsa de valores:

Entendemos que cada investidor tem suas próprias metas e tolerância ao risco. Por isso, oferecemos uma variedade de recomendações que se enquadram em diferentes perfis e objetivos. Seja você um investidor conservador, moderado ou agressivo, encontrará em nosso site análises detalhadas e recomendações fundamentadas para auxiliar em suas decisões de investimento.

Além disso, sabemos que o mercado financeiro é dinâmico e as oportunidades podem surgir a qualquer momento. Por isso, atualizamos constantemente nossas recomendações para que você possa aproveitar as melhores oportunidades assim que elas aparecem.

Para conferir as últimas análises e recomendações do mercado, basta clicar aqui.


Nos siga no Google News

DICA: Siga o nosso canal do Telegram para receber rapidamente notícias que impactam o mercado.

Leia mais

Ibovespa inicia com queda, junto às baixas de Petrobras e B3

Paola Rocha Schwartz

Abertura positiva do Ibovespa impulsionada por Vale e B3

Paola Rocha Schwartz

Ibovespa abre em alta impulsionado por Vale e Petrobras

Paola Rocha Schwartz

Ibovespa abre em queda seguindo recuo de Vale e Petrobras

Paola Rocha Schwartz

Dólar cai ao menor nível em 20 dias

Rodrigo Mahbub Santana

Ibovespa fecha abril em queda devido a cautela antes de decisão do Fed

Rodrigo Mahbub Santana

Deixe seu comentário