Guia do Investidor
criptomoedas
Criptomoedas Notícias

Brasil se destaca com US$ 10,3 milhões em Fundos de Criptomoedas

Nos siga no Google News

Continua após o anúncio

Enquanto saídas globais atingem US$ 500 milhões, o Brasil registra entradas de US$ 10,3 milhões em fundos de criptomoedas.

Enquanto o mercado global de criptomoedas enfrentou saídas significativas no valor de US$ 500 milhões na última semana, o Brasil se destacou como uma exceção notável, registrando entradas no valor de US$ 10,3 milhões em fundos de criptomoedas.

Essa tendência contrária surpreendeu em comparação com os Estados Unidos, que observaram saídas de US$ 409 milhões no mesmo período. Além disso, Suíça e Alemanha também enfrentaram saídas consideráveis de US$ 60 milhões e US$ 32 milhões, respectivamente.

A análise da CoinShares sugere que as recentes quedas de preços, desencadeadas pelas saídas substanciais do ETF de Bitcoin à vista da Grayscale (GBTC), no valor de US$ 5 bilhões desde 11 de janeiro, provavelmente desencadearam movimentações para outras regiões.

No geral, as saídas do ETF da Grayscale na semana passada totalizaram US$ 2,2 bilhões, mas os dados indicam que as retiradas estão começando a diminuir à medida que o total diário diminui ao longo da semana. Por outro lado, os ETFs dos EUA recém-lançados registraram entradas de US$ 1,8 bilhão na semana passada, somando US$ 5,94 bilhões desde o lançamento em 11 de janeiro de 2024.

Leia mais  MediBloc Coin | MediBloc O que É? Tudo sobre a criptomoeda

O Bitcoin liderou as movimentações, registrando saídas de US$ 479 milhões, enquanto o Bitcoin short recebeu entradas de US$ 10,6 milhões. As altcoins tiveram predominantemente saídas, com o Ethereum (ETH) registrando saídas de US$ 39 milhões. No entanto, a criptomoeda Solana (SOL) registrou entradas de US$ 3 milhões.

Por fim, a CoinShares destacou que ações de empresas focadas em blockchain também registraram novas entradas, totalizando US$ 17 milhões na semana passada, refletindo o crescente interesse na tecnologia blockchain em todo o mundo.

Bitcoin Recupera Terreno Enquanto Ethereum Enfrenta Quedas, e Tokens do Ordinals Lidam com Perdas

No mercado das criptomoedas, a semana passada testemunhou movimentos contrastantes entre as duas principais moedas digitais, Bitcoin e Ethereum. Enquanto o Bitcoin conseguiu se recuperar no final de semana, registrando um aumento de 0,9% e ultrapassando novamente a marca dos US$ 42.000, o Ethereum enfrentou uma segunda semana consecutiva de quedas, sofrendo uma diminuição de 8,33%, com seu preço caindo para US$ 2.270, de acordo com os dados do CoinGecko.

Leia mais  Vem aí o Twitter Coin a criptomoeda do Twitter? Dogecoiners permanecem otimistas

As moedas vinculadas ao ecossistema do Ordinals também passaram por turbulências, com o SATS registrando uma queda de 8,7%, e o ORDI sofrendo uma redução de 17,3%. A Dogecoin (DOGE) não escapou das perdas, caindo 7,7% e liderando as quedas no Top 100. No entanto, o TAO e o SUI se destacaram com ganhos significativos, com altas de 42,5% e 24,2%, respectivamente.

Embora o Bitcoin tenha mostrado força ao se recuperar, o Ethereum está enfrentando desafios persistentes, acumulando uma queda de 0,52% no mês de janeiro. No cenário global, o valor total de mercado das criptomoedas registrou uma leve queda de 0,7%, fechando a semana em US$ 1,7 trilhão (R$ 8,1 trilhões), enquanto o volume de negociações aumentou 8%, movimentando US$ 39 bilhões. A dominância do Bitcoin permaneceu em 50,9%, enquanto a do Ethereum caiu para 16,8%.

Em relação aos derivativos, as liquidações experimentaram um aumento leve de 12%, atingindo um total de US$ 83 milhões, com US$ 58 milhões em liquidações de posições compradas (long). Por outro lado, as liquidações de posições vendidas (short) totalizaram US$ 25,9 milhões, sendo que a API3 liderou com US$ 3 milhões em liquidações. A maior perda individual foi de US$ 2,73 milhões em uma operação de Ethereum na OKX.

Leia mais  Ainda vale a pena comprar Bitcoin em 2023?

Nos siga no Google News

DICA: Siga o nosso canal do Telegram para receber rapidamente notícias que impactam o mercado.

Leia mais

Novidade: Brasil Bitcoin expande sua lista com novos tokens; Confira

Lara Donnola

Brasil Bitcoin: é seguro? Como funciona? Conheça a exchange

Lara Donnola

O retorno dos Memes Coins: por que estão fazendo tanto sucesso?

Autor Convidado

Halving do Bitcoin é a oportunidade de ‘ouro’ em 2024

Fernando Américo

Ethereum: por que essa criptomoeda que merece ser observada?

Autor Convidado

Empresa de Trump tem prejuízo de quase US$ 60 bi em 2023

Rodrigo Mahbub Santana

Deixe seu comentário